PSG acredita que é perseguido na Europa e vai se manifestar, diz jornal

Comentários()
Getty
O dono Al Khelaifi quer tomar a palavra e mostrar o ponto de vista do clube sobre críticas e denúncias recentes

A estratégia do Paris Saint-Germain no mercado da bola tem chamado atenção. As contratações milionárias de Neymar e Kylian Mbappé foram impressionantes e deixaram os adversários incomodados. Agora o clube francês se sente perseguido e quer responder a críticas e denúncias. As informações são do jornal Marca.

No entendimento do PSG, os clubes grandes não estão preocupados com as regras do fair play financeiro. Na verdade eles temem que um time de pouca história, como o PSG, passe a disputar os principais títulos do continente. Por isso querem impedir as contratações de qualquer maneira.

Por enquanto o PSG tem adotado a estratégia de ficar em silêncio. Apenas alega que faz tudo dentro da legalidade e se manifesta pouco na imprensa.

Mas de acordo com o diário, isso deve mudar nos próximos dias. Dono do PSG, Al Khelaifi quer tomar a palavra e mostrar o ponto de vista do clube diante de tudo que está acontecendo. Ou seja, vai criticar os clubes por se sentirem ameaçados pela equipe francesa.


VEJA TAMBÉM:


Próximo artigo:
Love, Arana, Luan, Romero, Ramires... Duílio comenta negociações do Corinthians
Próximo artigo:
RB Brasil 1 x 1 Palmeiras: Borja abre o placar, mas Verdão cede empate ao RB Brasil em estreia de 2019
Próximo artigo:
Rhodolfo celebra gol, vitória e volta por cima no Flamengo: “Nunca deixei de trabalhar”
Próximo artigo:
Luan diz que balançou com proposta do Corinthians para deixar o Galo e deixa futuro em aberto
Próximo artigo:
Barcelona 3 x 1 Leganés: Messi sai do banco para garantir vitória do Barça no Camp Nou
Fechar