Notícias Placares ao vivo
Flamengo

Com expectativa de ser o dono do gol do Fla desde o início, Cesar assume a titularidade anos depois

16:30 BRT 23/10/2018
Cesar Junior Barranquilla Flamengo Copa Sudamericana 30112017
Goleiro surgiu como um grande talento, chegou a rumar longe do Rubro-Negro mas voltou para reivindicar seu posto

Desde que Diego Alves se lesionou, no segundo jogo da semifinal da Copa do Brasil, César assumiu a titularidade no gol do Flamengo e mesmo após o arqueiro número 1 se recuperar, Dorival Júnior optou por manter o então reserva no time titular. A decisão gerou até um incomodo de Alves, que se recusou a viajar com a delegação para o confronto diante do Paraná, no último final de semana.

Alheio a crise em que se meteu Diego Alves, César ganhou a oportunidade na bola. Nos quatro jogos em que esteve na meta desde a lesão do companheiro, o jogador não sofreu nenhum gol e teve boas atuações. Foi um dos destaques da vitória por 3 a 0 sobre o Corinthians, por exemplo, e também foi muito bem no Fla-Flu


(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

Seguro, o goleiro de 26 anos ganhou a confiança de Dorival Júnior, em um momento muito importante para o Flamengo, onde o Rubro-Negro volta com força total na briga pelo título do Campeonato Brasileiro. César assume o posto para o qual já foi muito cotado no passado.

Cria do clube, o goleiro apareceu em 2011, quando conquistou a Copa São Paulo de Futebol Júnior, sendo decisivo nos pênaltis, o título marcava uma nova era para a base do clube. Promovido aos profissionais, ele subiu com bastante expectativa mas viveu altos e baixos. 


(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

Acabou vendo seu futuro longe da Gávea, mais por irônia do destino voltou ao clube no ano passado, após a saída de Paulo Victor. César estava emprestado ao Ferroviário, e não atuava há quase dois anos. Voltou aos gramados em um momento crucial para o Flamengo e teve boas atuações.

De quarto goleiro do elenco, passou a ser o segundo nesta temporada, trabalhou com humildade até ganhar uma oportunidade. Soube agarrar e também contou com a experiência de Dorival Júnior, que pela meritocracia manteve o jogador entre os titulares. Agora, é bem provável que César termine o ano como o número 1 no gol Rubro-Negro e se ajudar na conquista do Brasileiro, dificilmente deixará esse posto no ano que vem.