Preocupação na Conmebol: O pior começo da América do Sul em Copas nos últimos 36 anos

Comentários()
Getty Images
Os times sul-americanos não renderam o esperado na primeira rodada do Mundial

banner Copa 2018

Tratando-se de palpite, as seleções sul-americanas são, na maioria das vezes, as favoritas na Copa do Mundo.  Porém, em campo, os resultados não saíram como o previsto para a Seleção Brasileira e  nossos vizinhos. 

Gabriel Jesus Brazil Switzerland World Cup 2018
(Foto: Getty Images)

A Copa 2018, até agora, registra o pior começo dos times da Conmebol em 36 anos: Uma vitória (Uruguai 1 a 0 Egito), dois empates (Argentina 1 a 1 Islândia, Brasil 1 a 1 Suíça) e duas derrotas (Peru 0 a 1 Dinamarca, Colômbia 1 a 2 Japão). Um aproveitamento de aproximadamente 33%. A campanha dos sul-americanos, na Rússia, iguala a Copa do Mundo de 82, na Espanha.

Vale ressaltar que, no Mundial do Brasil, em 2014, a primeira rodada rendeu quatro vitórias para a América do Sul na competição: (Brasil 3 a 1 Croácia, Argentina 2 a 1 Bósnia, Colômbia 3 a 0 Grécia e Chile 3 a 1 Austrália) e duas derrotas (Uruguai 1 a 3 Costa Rica e Equador 1 a 2 Suíça). Aproveitamento de 67% dos pontos.

Uruguai é o grande favorito para acabar com a "má fase". Luis Suárez e companhia entram em campo nesta quarta-feira (20), diante da Arábia Saudita, ás 12h (Brasília). A partida é válida pelo Grupo A da competição.

Fechar