Por problema de saúde, Cuca anuncia que não seguirá no Santos em 2019

Comentários()
Treinador confirmou em entrevista coletiva que dará pausa na carreira após término da temporada

O técnico Cuca confirmou em entrevista coletiva, nesta sexta-feira (23), no CT Rei Pelé, que não seguira no Santos em 2019 por conta de um problema de saúde. Seu contrato iria até o fim de 2019, mas não existe multa rescisória. Assim ele comandará a equipe apenas nas duas rodadas que restam do Brasileirão.

“Dirijo o Santos contra Galo e Sport e depois penso na minha saúde. Não vou poder permanecer, infelizmente. Deixo caminho aberto para o Santos ganhar tempo e termos ano melhor em 2019”, afirmou ao lado do presidente José Carlos Peres.

“Não tenho um problema no coração, são dois: na artéria principal e na secundária. Terei que passar por cateterismo (tratamento de condições cardíacas). Meu cardiologista pediu exame mais avançado e cateterismo e de que forma combater os dois problemas. São coisas naturais, infelizmente, para esse estresse e a hereditariedade”, completou.

Cuca Santos 2018
(Foto: Pedro E.G. Azevedo/Santos/Divulgação)

A diretoria já procura um substituto e o nome de Abel Braga é a primeira opção. Além disso, ganhou até a aprovação de Cuca.

“Venha, pode vir, fará trabalho bom. Terra é muito boa para trabalhar. Montagem tem que passar pelo treinador para ter os gostos dele. Hora de trabalhar é agora”, declarou Cuca, que comentou se ficaria no clube se não fosse o problema de saúde

“Minha permanência, ia sentar e conversar com o presidente sobre o plano de montagem do elenco. Não que eu seja o dono da razão, mas se passasse por mim, eu iria ficar. Lógico que tem sugestões dele, que eu iria ouvir também. Quantos presidentes já não falaram? Se houvesse isso, eu iria ficar, porque aqui é um lugar muito bom para trabalhar. Temos uma paz muito grande em relação a outros lugares. A aceitação da torcida é diferente de muitas outras torcidas. Ficaria e montaria o time junto com eles”, finalizou.

Fechar