Polícia de Madrid espera a presença de até 500 Barra Bravas na final da Libertadores

Comentários()
Getty Images
País conta com o auxílio do policiamento argentino para localizar os torcedores que podem causar confusão na decisão

A Polícia de Madrid explicou que mais de quatro mil soldados, sendo deles 2.054 espanhois, estarão nas ruas da cidade para garantir a segurança dos moradores e torcedores que irão acompanhar a decisão da Copa Libertadores da América entre River Plate e Boca Juniors, no Santiago Bernabéu, neste domingo (9). O principal intuito do policiamento será localizar os barra bravas.

Em entrevista à rádio Cadena Ser, o delegado de governo em Madrid, José Rodríguez Uribes, detalhou as medidas de segurança para antes, durante e depois do jogo. "Puseram a venda 20 mil entradas para cada equipe e 10 mil para os que virão da Argentina. A polícia está trabalhando com a polícia argentina estreitamento. Há um grupo de entre 400 e 500 especialmente violentos", disse. 

Mais artigos abaixo

"Estamos trabalhando em segurança máxima desde o aeroporto, estradas, estações de ônibus e metrô para detectar as pessoas violentas e que têm antecedentes penais", afirmou.

"Não sabemos quantos não tem entrada. Sabemos que a imensa maioria de argentinos virá desfrutar da festa do gutebol, temos que conseguir que a maioria violenta não prejudique essa festa nobre do futebol".

"Estamos trabalhando o tempo todo para que haja uma separação, que cada um possa celebrar pelo seu lado. Esperamos que seja um dia de festa e que a imagem que projetemos ao mundo seja de que a Espanha garanta a segurança e que os argentinhos que vieram se divirtam com seus times", finalizou o delegado.

Próximo artigo:
Manchester United ativa cláusula, mas agente de Martial se diz "muito pessimista" em permanência
Próximo artigo:
Pochettino é o nome dos sonhos do para assumir o comando do Manchester United, diz jornal
Próximo artigo:
Al-Ain x River Plate: Horário, local, onde assistir e prováveis escalações
Próximo artigo:
Pogba zoa no Instagram após demissão de Mourinho pelo Manchester United
Próximo artigo:
Champions League: o que o seu time precisa melhorar antes das oitavas de final?
Fechar