Notícias Placares ao vivo
São Paulo

► Petros pede “pés no chão” e diz que segundo turno é como um “novo campeonato” para o São Paulo

18:57 BRT 17/08/2017
Petros Sao Paulo Vasco Brasileirao Serie A 19072017
Volante ainda projetou o confronto direto contra o Avaí na briga para fugir da parte de baixo da tabela

Desde que chegou ao São Paulo no fim de junho, Petros se tornou um dos líderes do elenco e sua presença na sala de coletivas para conversar com os jornalistas também virou rotina. Nesta quinta-feira (17), não foi diferente. Após o treino que contou com Sidão treinando entre os titulares na vaga de Renan Ribeiro, o volante disse que o Tricolor iniciou um novo campeonato no segundo turno e ainda ressaltou a importância do duelo contra o Avaí, neste domingo (20), às 16h (de Brasília), na Ressacada, pela 21º rodada.

“Jogo importante. Iniciamos um campeonato novo no domingo com a vitória sobre o Cruzeiro. Mais um confronto direito, mais um adversário que precisaremos deixar para trás. A semana está sendo muito boa e sabemos a importância de se conquistar uma vitória fora de casa”, afirmou.

“Temos de continuar a retomada. Não tem mais aquele papo de falar que vai chegar o segundo turno para reagir. É ter pés no chão. Depois do jogo contra o Botafogo, chegaram a falar em Libertadores. Mas é pensar jogo a jogo”, acrescentou.


Os números do São Paulo no Brasileirão


Petros também aproveitou para novamente exaltar a presença do torcedor são-paulino nos últimos jogos. Contra o Cruzeiro, a torcida do Tricolor bateu novo recorde de público na competição: 56.052 pessoas viram a vitória por 3 a 2 no Morumbi.

“O torcedor é o principal responsável pela mudança de atitude da nossa equipe. O torcedor entendeu nosso momento e sabe da sua importância. Se eles tivessem nos abandonado, seria difícil lutar para sair dessa situação. Não vamos perder esse espírito lutador até o final”, declarou.

“Só falava que a torcida ia em finais ou na boa. Ainda bem que tem sido totalmente diferente desde a minha chegada. Espero que esse apoio possa se manter. A torcida percebeu a importância que tem”, finalizou.


(Foto: Rubens Chiri/SPFC)

Confira outras declarações de Petros

Vários jogadores em fim de contrato

“É uma situação complicada, foge da nossa alçada como jogador. Cada um sabe o que é melhor para si. No meu ponto de vista, se estivesse tudo resolvido, seria melhor. O jogador precisa saber que precisa ir bem no campeonato, até para chamar a atenção de outro clube, caso não fique. Mas todos vão fazer o seu melhor”.

Tite entre os melhores técnicos do mundo

“Ele merece. Trabalhei com ele, fez parte da minha formação como atleta e como pessoa. Muita gente acha que ser jogador é só treinar. A parte interna tem muita importância. Se o Brasil ganhar a Copa, ele estará entre os melhores do mundo”.

Posicionamento em campo

“Joguei minha última temporada na Espanha como primeiro volante. O importante é ajudar na equipe. Tenho um pouco mais de um mês de clube. Não tenho necessidade de protagonismo. Já joguei assim e vou fazer meu melhor para ajudar o São Paulo”.


VEJA TAMBÉM: