Peruano diz que seis ex-companheiros 'se venderam' na Copa do Mundo de 1978

Comentários()
Getty
Goleada da Argentina por 6 a 0 acabou eliminando o Brasil do Mundial

Polêmica reascendida! O ex-jogador da seleção peruana, José Velásquez Castillo, disse em entrevista ao jornal “Trome”, que seis ex-companheiros teriam se vendido para entregar a goleada por 6 a 0 sofrida para a Argentina na Copa do Mundo de 1978, que acabou eliminando o Brasil e fazendo com que no fim os anfitriões conquistassem o título.

Quase 40 anos depois do ocorrido, Velásquez, que foi titular naquele encontro, disse: “seis jogadores se venderam no mundial”.

"É uma realidade que os líderes foram vendidos e muitos investigados. Nã ter provas não significa que não aconteceu. Seis jogadores se venderam. Só posso nomear quatro, porque dois são famosos e posso manchar suas carreiras", declarou citando Rodulfo Manzo, Raúl Gorriti, Juan José Muñante e Ramón Quiroga.

Velásquez ainda disse que o ditador argentino Jorge Rafael Videla foi ao vestiário peruano antes do duelo "desejar sorte" ao time.

Fechar