'Pequenos Leões' - Conheça os seis jovens que despacharam o PSG

Getty
Com uma idade média de apenas 21 anos, o meio-campo ddo Lyon e o ataque custaram menos de 10% dos do time dos líderes da Ligue 1 - mesmo sem Neymar!

O relógio marcava pouco menos de 93 minutos quando Memphis Depay finalizou de perna direita colocando a bola no ângulo direito do goleiro do PSG, sem dar chances de defesa. 

O estádio do Lyon explodiu, e mesmo o holandês, que comemorou colocando os dedos nos ouvidos, não poderia ter ficado imóvel com a reação ao seu dramático gol que garantiu uma importante vitória contra o Paris Saint-Germain

No entanto, apesar do ex-atacante do Manchester United atrair os aplausos e os holofotes para si, o trabalho de base havia sido imposto por aqueles que começaram o jogo como titulares. 

Com apenas 23 anos, Depay ainda é jovem e, mesmo assim, no time do Lyon ele é quase considerado um veterano. 

Enquanto observava do banco de reservas o início do jogo, ele viu um meio-campo e um ataque com uma média de idade de apenas 21 anos. 

As jovens armas do técnico Bruno Genesio, no entanto, não são meramente um entusiasmo juvenil, embora certamente a maneira como eles atuaram diante dos líderes da liga desde o início mostrou que esse atributo particular não era escasso. Durante longos períodos do jogo deste domingo, esse grupo notável realmente ultrapassou seus oponentes. 

Houve vários momentos de 'sucesso' em todos os lugares do campo, mas em grande parte no meio do campo, onde Lucas Tousart e Tanguy Ndombele, com uma idade combinada de apenas 41 anos, apagaram uma unidade tão dominante como é a equipe capital.

Nabil Fekir Lyon PSGFoto: Getty

Para N'dombele, apelidado como próximo Michael Essien, era uma verdadeira oportunidade. Contratado junto ao Amiens no início da temporada, ele impressionou antes de ser eleito como titular, enquanto Houssem Aouar, de 19 anos, também entrou no time. Ambos fazem um começ ode temporada tão impressionantes que Genesio foi obrigado a encontrar espaço para cada um deles. 

Nabil Fekir, que proporcionou um momento decisivo para o jogo com um chute livre deslumbrante com apenas dois minutos, ganhou o prêmio do homem da partida, mas o jogador disse: "Eu senti que N'dombele mereceu isso mais do que eu. Ele trouxe muito para a equipe ".

Mariano DiazNdombele Lyon LimassolFotos: Getty

É uma referência para a juventude do time de Lyon com apenas 24 anos. Fekir não é apenas o capitão, mas um jogador que é procurado no jogo, a fim de trazer maturidade e uma cabeça legal para a equipe. 

É um papel que ele abraçou de forma mais impressionante do que qualquer um poderia ter previsto no início da temporada, quando a saída de Alexandre Lacazette deixou dúvidas sobre se o time tinha a capacidade de aparecer entre os três melhores clubes da França

A situação já aconteceu em tantas ocasiões anteriormente, porém agora aparece com uma combinação da base do Lyon e um trabalho astuto na janela de transferência surgiram trunfos. 

Mariano Diaz, contratado junto ao Real Madrid por 8 milhões de euros e autor de 13 gols na Ligue 1, já comprovou que foi uma contratação barata, enquanto Maxwel Cornet e Lucas Tousart estrearam profissionalmente em outros lugares antes de serem "polidos" pelo Lyon.

Lucas TousartHoussam Aouar LyonFoto: Getty

O ataque do PSG no domingo, mesmo sem Neymar, valia bem mais de 200 milhões de euros; O meio-campo inicial do Lyon e o ataque lhes custaram menos de 20 milhões de euros em taxas de transferência. 

O time de Jean-Michel Aulas mostrou que continua sendo possível competir com o PSG se o trabalho de base estiver correto e o plano de jogo for perfeitamente executado. Agora, seu desafio é terminar em segundo lugar na Ligue 1 e mais uma vez fazer uma impressão significativa na Europa League

Mesmo que isso venha além disso nesta temporada, o Lyon continua produzindo jovens talentos na França. Este grupo atual já mostrou que eles têm um olho para o espetacular.

Fechar