Pelé recebe alta de hospital em São Paulo; veja as últimas notícias sobre o Rei

Comentários()
Getty Images
O ex-jogador realizou cirurgia de retirada de cálculo renal no último sábado (13) e deixou nesta segunda-feira o Hospital Albert Einstein

Pelé recebeu alta médica nesta segunda-feira (15) e deixou o hospital Albert Einstein, em São Paulo, após quase uma semana internado por conta de um cálculo renal, retirado no último sábado (13). Em nota oficial, a equipe médica que cuidou do Rei do Futebol emitiu um comunicado avisando que Pelé foi liberado na manhã desta sgunda-feira.

O Rei do Futebol estava internado em São Paulo desde terça-feira, período no qual sempre apresentou um "bom estado" de saúde, segundo o Albert Einstein.


Pelé realiza cirurgia para retirar cálculo renal 


No último sábado, Pelé passou por uma cirurgia para retirar um cálculo renal e o procedimento foi bem sucedido. Quando o hospital emitiu o comunicado oficial, Pelé já havia retornado ao quarto.

Ainda de acordo com a nota, Pelé estava "em bom estado geral sob o ponto de vista clínico" após o procedimento:


Pelé apresenta quadro estável


Dias antes, na quinta-feira (11), o hospital Albert Einstein confirmou que o Rei do Futebol passaria pela cirurgia para retirada de um cálculo do uréter esquerdo - canal que transporta a urina do rim à bexiga.


Chegada a São Paulo


Pelé chegou ao Brasil na manhã do dia 9 após ficar cinco dias internado em Paris e foi encaminhado para o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde foi internado novamente após passar por exames admissionais. O ex-jogador de 78 anos fez uma cirurgia na França devido a uma infecção urinária.

Na chegada ao aeroporto de Guarulhos, Pelé disse à TV Globo que estava bem e agradeceu o apoio que tem recebido. "Quero aproveitar essa oportunidade para todos que ligaram para o hospital para ter notícias minhas, torcendo pelo meu pronto restabelecimento. Muita gente dizendo que fazia prece, orando por mim, e, mais uma vez, graças a Deus foi tudo bem, estou aqui. E viva nosso Brasil", afirmou.

O ex-jogador estava na capital francesa desde a semana passada, quando precisou passar por um procedimento cirúrgico devido a uma infecção urinária. Pelé havia viajado a Paris para participar de um evento da Hublot, marca de relógios que também patrocina o atacante Kylian Mbappé, jogador do PSG e da seleção francesa.

Mais artigos abaixo

Na última segunda-feira (8), antes de embarcar para o Brasil, Pelé recebeu a visita de Neymar, companheiro de Mbappé e longo conhecido de Pelé, desde os tempos de Santos.

 

 

 

Fechar