Paulinho: "Espero que eu seja contratado pelo Barcelona nesta semana"

Comentários()
Getty Images
Volante brasileiro concede entrevista ao Mundo Deportivo e revela o desejo de atuar pelo Barcelona na próxima temporada

Paulinho ainda continua na mira do Barcelona que deseja reforçar o seu meio-campo. Após desistir da contratação de Verratti, o clube catalão que já teve uma oferta rejeitada pelo Guangzhou Evergrande de 20 milhões de euros pelo brasileiro, promete voltar a negociar.

Neste final de semana, o jogador concedeu entrevista ao jornal catalão Mundo Deportivo e revelou o seu desejo de assinar pelo Barça ainda nesta semana, além de revelar que o seu alto salário não será problema, dando a enteder que pode diminuir o que recebe para assinar com o clube.


VEJA TAMBÉM:


Confira a seguir alguns trechos da entrevista do jogador ao jornal espanhol:

Primeiros contatos

Após a partida entre Brasil e Argentina na Austrália meu agente me disse que havia um interesse de Barcelona e me surpreendeu, mas queria ter uma proposta antes de me fazer ter  esperanças. Depois dos dois amistosos, houve oferta oficial para Guangzhou e me fizeram uma proposta que eu gostei muito.

Reação ao saber do interesse

Quando eu fiquei sadendo do interesse, eu fiquei atordoado perguntando se poderia ser verdade ou não, e quando chegou a proposta foi como acordar de repente e me fez muito feliz.

Paulinho Peru Brasil Eliminatorias 2018 16112016
Crédito: Pedro Martins/MoWa Press

Negociação entre os clubes e vontade de atuar no Barça

Não pude falar ainda com meu presidente porque viajamos para Pequim para jogar, mas espero que se o Barça vier, o Guangzhou seja flexível e possa fechar a negociação. É uma oportunidade única para mim poder jogar com o Barça, o melhor time do mundo, e rodeado dos melhores jogadores. Tenho que falar com meu presidente. Desde que chegou para mim a proposta do Barça, não deixei de pensar nisso e estou esperando que nesta semana possa resolver tudo. Se os dois clubes chegam a um acordo, minha parte com o Barça será muito fácil 

Surpresa pelo Barça se interessar em um jogador que atua na China

Isso é normal. Quando vim para cá em 2015 as pessoas diziam que o futebol chinês não era bom, mas eu cheguei, ganhei cinco títulos, recuperei meu melhor nível, voltei para a Seleção Brasileira, onde estou marcando e dando assistência ... É claro que a liga chinesa não é como a espanhola, a inglesa ou a italiana, mas aqui eu estou fazendo um grande trabalho e este ano eu me encontro muito bem, em 25 jogos marquei gols importantes para Guangzhou.

Paulinho Brasil Paraguai Eliminatorias 2018 28032017
Crédito: Getty

Como você se definiria

Na minha carreira eu sempre joguei como um segundo volante, eu gosto de chegar na área adversária e fazer gols, ajudar a equipe na marcação. Agora marco melhor, eu tenho crescido muito defensivamente e eu sou um jogador com força e qualidade.

Sonho de jogar pelo Barça e diminuição de salário mudar de clube

Em 2011, quando eu estava no Corinthians, recebi uma oferta da Rússia onde ganharia dez vezes mais do que no Brasil e disse: "O que posso fazer cinco, também pode fazer dois". O dinheiro nunca foi para mim prioridade. Um jogador pode ganhar dinheiro em qualquer equipe que vá. O importante para mim é estar feliz com a decisão que você está tomando. A China agora é um gigante financeiro, mas para mim não era uma prioridade o dinheiro, por isso, se o Barça me oferece uma proposta cobrando menos do que o Guangzhou, para mim não é um problema, porque eu valorizo a opção de jogar em um gigante europeu, rodeado por grandes jogadores e também o sonho de vencer a Champions League e é algo que com o Barça, com a equipe que tem, eu posso conseguir.
 

Próximo artigo:
Ex-companheiro de Neymar e Ganso busca título no maior torneio de futebol amador
Próximo artigo:
Futebol na TV: confira a programação de sábado e domingo, 19 e 20 de janeiro
Próximo artigo:
Corinthians no Mercado: Quem chega, quem sai e quais as prioridades para 2019?
Próximo artigo:
Torcida do Vasco inunda internet de xingamentos a Dedé após vitória sobre o Volta Redonda
Próximo artigo:
Flamengo no Mercado: Quem chega, quem sai e quais as prioridades para 2019?
Fechar