Passado e Futuro, não! Troca de camisas entre Fred e Paulinho representou um belo presente no Brasileirão

Comentários()
Carlos Gregório Jr/Vasco da Gama
Destaque do Vasco na vitória sobre o Atlético-MG, Paulinho é fã do jogador que ganhou o mundo durante a sua infância

O jogo entre Atlético-MG e Vasco, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2017, entrou para a história. Ainda que não tenha sido uma decisão ou confronto das mais altas posições da tabela, foi no duelo entre mineiros e cariocas que saiu o primeiro gol anotado por um jogador nascido após o ano 2000 na elite do futebol brasileiro.

Paulinho, aos 17 anos e 156 dias, foi o nome da vitória cruzmaltina por 2 a 1 dentro do Estádio Independência. Ao abrir o placar, aos 14 minutos, não desperdiçou a excelente oportunidade após passe de Escudero. O meia-atacante, que vestiu a camisa 7, também apareceu com bons dribles e garantiu uma importante vitória em um golaço de fora da área.


VEJA TAMBÉM:


Mas antes de sair de campo com 100% de aproveitamento nos dois chutes a gol, e como jogador mais jovem a ter balançado as redes pelo Vasco neste século [superando Philippe Coutinho], o menino de 17 anos foi tiete: fez questão de pedir a camisa de Fred, atacante do Atlético-MG que já fazia gols pela Seleção em Copas do Mundo quando a joia vascaína ainda dava os seus primeiros passos na vida.

“Eu via os jogos dele no Lyon, no Fluminense, em qualquer time. Hoje tive oportunidade de jogar contra ele. Fico mais feliz ainda por fazer gols e dar vitória ao Vasco. Trabalho muito para ter momentos como esse. Fiquei muito feliz por ter meu nome gritado hoje”, disse Paulinho após o seu primeiro grande momento no futebol profissional.

Choque de gerações

Paulinho Atletico-MG Vasco da Gama Brasileirao Serie A 23072017O primeiro 'millennial' a balançar as redes no Brasileirão (Foto: Carlos Gregório/Vasco)

Paulinho tornou-se no maior exemplo do choque entre gerações dentro do Brasileirão, e se mostra o quanto jovens como ele ganham cada vez mais espaço também retrata a longevidade de Fred como artilheiro. Quando Paulinho nasceu, o goleador do Galo no Brasileirão 2017 [5 gols] tinha 16 anos e dali a pouco tempo seria manchete no mundo inteiro.

Em 2003, representando o América-MG na Copa São Paulo de Futebol Junior, Fred anotou o gol que, até 2009, seria o mais rápido do mundo: com apenas 3,17 segundos o atacante arriscou do meio-campo e entrou para a história. Naquele mesmo ano, o jogador mostrou ser uma das joias mais valiosas de Teófilo Otoni – local de seu nascimento.

Fred LyonPaulinho era criança, Fred fazia gols na França (Foto: Getty Images)

Fred - Brazil vs England

Fred | Fluminense x Cruzeiro | 18/11/2012 | Campeonato Brasileiro 2012Gols na Seleção, títulos no Fluminense (Fotos: Mowa Press e Nelson Perez/Fluminense F.C)

Do América, foi para Cruzeiro e tornou-se um dos principais artilheiros do nosso futebol. Em 2005, foi contratado pelo Lyon. No futebol francês, fez parceria com Juninho Pernambucano em uma máquina de título nacionais. Foi nesse mesmo período que Paulinho virou fã do centroavante mineiro. Desde então, viu Fred conquistar 7 troféus na França. Tinha apenas seis anos quando Fred fez o seu primeiro gol em Copas do Mundo, e ainda era criança quando o atacante retornou ao Brasil para jogar pelo Fluminense.

Fred Atlético-MG Cruzeiro Campeonato Brasileiro 02072017Aos 33 anos, Fred ainda é referência de goleador no Brasil (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Paulinho também viu Fred ser crucificado pela Copa de 2014, além de ter deixado o Tricolor das Laranjeiras para vestir o preto e branco do Atlético. Mas sempre manteve a sua admiração. Com 16 anos separando ambos, a troca de camisas no último domingo (23) não foi um encontro entre passado e futuro. Foi a confraternização de um presente feliz para o goleador longevo, e para um jovem que ainda pode render muito mais.

Próximo artigo:
Love, Arana, Luan, Romero, Ramires... Duílio comenta negociações do Corinthians
Próximo artigo:
RB Brasil 1 x 1 Palmeiras: Borja abre o placar, mas Verdão cede empate ao RB Brasil em estreia de 2019
Próximo artigo:
Rhodolfo celebra gol, vitória e volta por cima no Flamengo: “Nunca deixei de trabalhar”
Próximo artigo:
Luan diz que balançou com proposta do Corinthians para deixar o Galo e deixa futuro em aberto
Próximo artigo:
Barcelona 3 x 1 Leganés: Messi sai do banco para garantir vitória do Barça no Camp Nou
Fechar