Para os torcedores do Real Madrid, Cristiano Ronaldo não é o maior jogador da história do clube

Comentários()
Após virar uma lenda no Real, o atacante português está se mudando para a Juventus depois de nove anos na Espanha

Nesta terça-feira (10), Cristiano Ronaldo surpreendeu a todos, após o anuncio de sua saída do Real Madrid para a Juventus, por 112 milhões de euros (aproximadamente R$ 501 milhões). O atacante vestiu a camisa dos merengues por nove temporadas, conquistou diversos títulos e se tornou o maior artilheiro da história do clube: foram 450 gols, cinco bolas de ouro, e quatro Champions League.

Ronaldo chegou ao Real, em 2009, por 94 milhões de euros (R$ 451 milhões, com conversão atual), depois de deixar o Manchester United, da Inglaterra. E desde então, viveu os melhores momentos de sua carreira profissional nos Blancos, além de ultrapassar marcas históricas dentro do time, como: o recorde de 323 gols de Raul, em 2015.

GFX Cristiano Ronaldo I Di Stefano I 10 07 18

O astro ruma à Velha Senhora, mas fica um legado no Santigo Bernabéu. Portanto, o português pode ser considerado o melhor jogador do Real Madrid em todos os tempos?

Recentemente, a Goal questionou os torcedores do Real com está mesma pergunta, e, surpreendentemente, apesar de todos admitirem que CR7 está entre os melhores jogadores do clube, muitos não nomearam o lusitano.

"Na história do Real Madrid, tivemos sempre ótimos jogadores. Seria injusto se esquecêssemos Alfredo Di Stéfano, que é um dos grandes nomes do Real Madrid e do futebol. Acho que Cristiano é uma verdadeira lenda do Real Madrid por tudo o que conseguiu, mas acho difícil dizer que ele seja o melhor jogador que já passou pelo clube. Ele está certamente entre os três primeiros”, ressalta um torcedor.

Real Madrid 1960
(Foto: Getty Images)

O Madrid não tem do que reclamar sobre os ídolos do clube. A equipe tem sido abençoada com uma série de atletas fantásticos ao longo dos anos. Os fãs mais jovens escolhem Ronaldo, porém os mais experientes, relembram a era de ouro do clube nos anos 50 e 60.

“Seria injusto esquecer Ferenc Puskas e Paco Gento, porque o futebol não tem memória e praticamente não nos lembramos do que aconteceu antes. O Real Madrid de Di Stéfano, Gento, Raymond Kopa, Puskas ... eles ganharam cinco Copas Europeias (agora Champions) consecutivas e esse é um legado extraordinário”, conta outro fã.

Gento Real Madrid
(Foto: Realmadrid.com)

Em entrevista para a Goal , o ex-goleiro argentino Hugo Gatti destacou a importância de Di Stéfano na história do Real, e evitou comparar CR7 com o argentino.

"Ele foi o melhor. Para mim, depois de Pelé, que foi o melhor do mundo, o melhor da história é o Alfredo. Então, a comparação com o Cristiano é difícil”, disse.

Gatti passa metade do ano em Madri, onde trabalha como comentarista de televisão. O ex-jogador do Boca Juniors e River Plate é um admirador e defensor de Ronaldo.

"Em campo, ele é o número um. Mas você tem que ser grande fora do campo também. E para mim, Cristiano, dentro e fora de campo, é o número um. Ele é especial. Eu amo Cristiano. Ele é um líder”, destaca.

Hoje em dia, todos os movimentos dos jogadores capturados por uma câmera, por outro lado, imagens de Di Stéfano são bastante raras, e a maior parte de sua carreira não pode ser assistida em vídeos nas Internet. Então, como ele era como jogador?

Alfredo Di Stefano Real Madrid 1962
(Foto: Getty Images)

"Alfredo foi um fenómeno. Era um jogador que sempre quis progredir e ele era explosivo. Para mim, o Alfredo é o maior na história de Madrid. Na Europa também. O jogador que revolucionou o futebol europeu foi Alfredo Di Stéfano”, enfatiza Gatti.

GFX Cristiano Ronaldo I Di Stefano I 10 07 18

Também em entrevista à Goal , o treinador de Cristiano Ronaldo em sua chegada no Madrid, em 2009, Juande Ramos, destacou a qualidade do português como atleta.

"Quando você tem esse tipo de jogador, Ronaldo ou Messi, você sabe que pode marcar um gol ou ganhar uma partida a qualquer momento. Se a partida for fácil, se for difícil, esses jogadores podem ganhar os três pontos e resolver tudo", destaca ele. 

Cristiano Ronaldo Real Madrid Champions League
(Foto: Getty Images)
Alfredo Di Stefano - Galería
(Foto: APF PHOTO/ Getty Images)

Enquanto Ronaldo pode ser a escolha entre as gerações mais jovens, a história do Real Madrid é muito maior do que os últimos nove anos. E por todo o seu brilhantismo e marcas alcançadas, o Português perdeu essa para Di Stefano.

Próximo artigo:
Boca Juniors x Palmeiras: Horário, local, onde assistir e prováveis escalações
Próximo artigo:
Ernesto Valverde descarta recuperação "mágica" de Lionel Messi
Próximo artigo:
PSG x Napoli: Horário, local, onde assistir e prováveis escalações
Próximo artigo:
Marcelo defende Lopetegui: "Está fazendo um trabalho estupendo"
Próximo artigo:
Mourinho provoca torcida da Juventus após derrota na Champions League
Fechar