Paquetá recebe “convite” de Marcelo para ir ao Real Madrid, e se declara para o Flamengo

Comentários()
O jovem meio-campista do Rubro-Negro é um dos destaques do time em 2018, e garantiu fidelidade ao clube

Desde o final de 2017, Lucas Paquetá tem sido um dos grandes destaque do Flamengo, e na atual temporada o futebol do jovem de 20 anos só tem crescido.

Vice-artilheiro, com três gols marcados, do time que lidera o Brasileirão com o melhor ataque, o meio-campista já desperta o interesse de grandes clubes europeus e não escondeu a vontade de atuar no Velho Continente.

E já tem até um craque que imagina algumas tabelas com Paquetá... no Real Madrid!  Durante entrevista com o rubro-negro para o canal Segue o Baile, no YouTube, o lateral-esquerdo Marcelo não poupou elogios ao jovem.

“E aí, irmãozinho. Estou aqui para te desejar o maior sucesso do mundo, que você tenha uma carreira brilhante. Já falei com o Vini [Vinícius Júnior] que sou fã da sua canhota, sua canhota vale ouro. E pô, o Vini vai jogar comigo, você poderia também, hein (risos)”, disse o lateral, se referindo ao atacante Vinicius Júnior, já vendido ao Real.

Lucas Paquetá Vinicius Junior Flamengo Atlético-GO Brasileirão 20 08 2017(Foto: Gilvan de Souza/ CR Flamengo)

Paquetá não escondeu a felicidade após ver o “chamado”: “Que honra! Estava conversando com o Vini, e o primeiro contato que tive foi por uma mensagem que ele mandou para o Vini. Ele me elogiou, fiquei todo bobo. Aí entrei no meu Instagram e mandei uma mensagem agradecendo. Jogador que a gente cresce vendo jogar, fora de série, melhor lateral-esquerdo do mundo. Muito gratificante”, contou.

Na lista complementar de reservas da Seleção para qualquer eventualidade, Paquetá tem a cabeça no Flamengo, onde espera seguir apresentando um futebol decisivo. E o meia não esconde o amor pelo Rubro-Negro e já fez até mesmo uma promessa: no Brasil, só joga com as cores do Mengão.

GFX Paqueta

“Eu respeito todo os clubes, mas meu coração é totalmente flamenguista. Se um dia eu sair do Flamengo, tenho certeza de que quando eu voltar é para a minha casa. Eu gosto muito desse clube, não me vejo [usando outra camisa no Brasil]. Não por falta de grandeza, nada disso, respeito todos os clubes, os grandes do Rio, do Brasil.  Minha casa é o Flamengo, se um dia eu for e tiver que voltar, é aqui”, completou.

Próximo artigo:
Lopetegui diz que demissão do Real Madrid é a “última coisa” em seu pensamento
Próximo artigo:
Justiça de SP diz que email que salvaria Inter da queda era verdadeiro
Próximo artigo:
Chelsea empata com United no fim; Mourinho bate-boca e provoca torcida
Próximo artigo:
Chelsea 2 x 2 Manchester United: Blues empatam no finalzinho
Próximo artigo:
Pesou no bolso: Barcelona paga 4 milhões por cada minuto de Malcom em campo
Fechar