Palmeiras vive fase letal em momento de ascensão, enquanto Corinthians e Santos sofrem para marcar gols no returno

Comentários()
Goal Brasil
Timão, Peixe e Verdão, respectivamente, são os times com mais chances de título no Brasileirão

Vivendo ótimo momento sob o comando de Alberto Valentim, o Palmeiras se colocou ao lado do Santos como principal perseguidor ao Corinthians, que caiu de rendimento no segundo turno e viu a sua vantagem na liderança cair para seis pontos na reta final do Campeonato Brasileiro. O Verdão, que conta a seu favor com o fato de ainda ter um confronto direto com o Timão no dia 5 de novembro, em Itaquera, vem de três vitórias consecutivas que passam muito pelo crescimento ofensivo da equipe. Enquanto os dois rivais sofrem para balançar as redes no returno.

Ao lado do Botafogo, o Palmeiras tem o melhor ataque do segundo turno do Brasileirão. São 18 gols marcados por 11 jogadores diferentes. Desde a saída de Cuca, o Verdão já balançou as redes oito vezes em três duelos (média de 2,66). Em todos, o time alviverde saiu como vencedor.

Artilheiro do Palmeiras em 2017, Willian se destaca com quatro tentos. Decisivo no último triunfo da equipe, Dudu soma três. Já Keno, que virou titular com Valentim, e Moisés fizeram dois cada. Guerra, Hyoran, Deyverson, Jean, Egídio, Bruno Henrique e Borja também já deixaram a sua marca nos últimos 11 jogos.


Os números do Verdão no Brasileirão


No líder Corinthians, apenas o vice-artilheiro do Brasileiro, Jô, com 15 gols, e o reserva Clayson fizeram os oito tentos da equipe, marca que deixa o Timão como o terceiro pior neste fundamento no returno. A queda é gigante se comparado com a primeira metade da competição, quando foi o segundo melhor ataque, com 32 gols em 19 jogos, atrás apenas do Grêmio, com 35.

A má fase de jogadores importantes do meio pra frente, como Maycon, Rodriguinho, Jadson e Romero contribuíram bastante para essa queda de rendimento do Corinthians.


Os números do Timão no Brasileirão


Também candidato ao título, o Santos também não se destaca no ataque. São 10 gols marcados por quatro atletas diferentes, sendo que o centroavante Ricardo Oliveira, depois de um primeiro turno com só uma bola na rede, é o principal destaque, com cinco gols. Bruno Henrique (2), Lucas Lima, Jean Mota e Ramon (contra) foram os responsáveis pelos outros tentos do Peixe.

O Santos sofre no momento para encontrar um companheiro para Bruno Henrique e Ricardo Oliveira na frente já que Copete não vive boa fase.


Os números do Peixe no Brasileirão


Fechar