Palmeiras já desperdiçou tempo para treinar, mas momento era bem diferente

Comentários()
Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Verdão se recuperou contra o São Paulo e tem duas semanas para treinar nova base do time titular

Ao dar entrevista coletiva nesta sexta-feira (1), o volante Bruno Henrique comemorou o fato de o Palmeiras ter tempo para treinar - o time só voltará a jogar no próximo sábado, dia 9 de setembro, contra o Atlético-MG. Mas é preciso observar se desta vez o Verdão vai saber aproveitar esse período livre de jogos.

Recentemente o Palmeiras também comemorou por ter tempo livre para treinar. Foi após o empate por 1 a 1 com o Vasco. O técnico Cuca e os jogadores comentaram na época que ter uma semana de descanso e preparação seria muito bom.

Mas o resultado foi péssimo: o Palmeiras jogou muito mal contra a Chapecoense e perdeu por 2 a 0 em casa. O time não mostrou evolução e perdeu para um time que tinha feito uma viagem para fora do Brasil durante a semana.

Agora, porém, o momento é outro, como Bruno Henrique destacou: "esse tempo vem em um ótimo momento. Pela vitória e pelo tempo que vamos ter para trabalhar, com a equipe e as coisas que podemos melhorar. Esse tempo que vamos ter serve até o final do campeonato. Quem sabe a gente consiga dar uma arrancada muito boa".

O Palmeiras se recuperou com a vitória sobre o São Paulo. Então o clima está mais leve, o que pode ajudar na preparação durante essas semanas livres.

Além disso, Cuca pode finalmente ter encontrado o time base que tanto queria. Ao escalar Guerra na direita, protegido por Bruno Henrique, Tchê Tchê e Moisés, o time ficou mais encorpado e passou a ter um melhor toque de bola. Provavelmente esta formação será melhor trabalhada durante as duas semanas e, se der certo contra o Atlético-MG, virará a base para o Palmeiras até a reta final do Brasileirão. 


VEJA TAMBÉM:


 

Fechar