Palmeiras está forte no Allianz, mas teve duas decepções contra Corinthians

Comentários()
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Após três jogos disputados, saldo entre rivais está empatado na nova arena do Verdão

Claro que jogar no Allianz Parque, com torcida única, será uma vantagem do Palmeiras no clássico contra o Corinthians, nesta quarta-feira (12). O time de Cuca não perde em casa desde agosto do ano passado. Mas o Verdão precisa ficar atento, pois o Timão já conseguiu dois resultados importantes na casa do rival.

O primeiro clássico entre Palmeiras e Corinthians no Allianz Parque aconteceu em 8 de fevereiro de 2015, pelo Campeonato Paulista. O Verdão tinha acabado de passar por uma enorme reformulação e estava sem entrosamento. Para piorar, Vitor Hugo ainda falhou e facilitou o gol de Danilo. O juiz expulsou o goleiro Cássio no 2º tempo, mas o resultado final foi de 1 a 0 para o Timão.

A segunda partida lá foi um jogaço pelo Brasileirão de 2015. O Corinthians era líder, estava embalado, mas por pouco não saiu derrotado. O Palmeiras vencia por 3 a 2 até os 33min do 2º tempo. Mas Vagner Love, logo ele, revelado pelo Verdão, definiu o empate. Foi um resultado importante na conquista do título do Corinthians no Brasileirão daquele ano, o que só aumenta a dor dos palmeirenses.

A primeira vitória dos donos da casa só aconteceu em 2016, quando Cleiton Xavier marcou o único gol do jogo. Era só a 7ª rodada do Brasileirão que terminaria com título do Verdão.

Portanto o saldo do dérbi paulista ainda é equilibrado no Allianz Parque. Cada time tem uma vitória. E ainda aconteceu um empate com gosto de vitória corintiana. O Palmeiras precisa reverter esse saldo, não só pelo histórico, mas também pelo momento complicado no Brasileirão: são 13 pontos de diferença entre as equipes. Caso o Verdão não vença, futuramente vai olhar para esse jogo como a terceira decepção em um dérbi no Allianz Parque.

Próximo artigo:
Neymar e Mbappé são as novas personalidades a visitarem polêmico churrasqueiro
Próximo artigo:
"Nunca vi Guardiola ou Klopp fazendo isso", dispara Lampard contra Bielsa após uso de espiões nos treinos rivais
Próximo artigo:
Morata é a primeira opção do Barcelona
Próximo artigo:
De Jong elogia o Barcelona mas nega acerto: "Minha carreira não é passeio"
Próximo artigo:
Real Madrid está disposto a pagar a multa rescisória de 50 milhões de euros por Militão
Fechar