Palmeiras busca superar "maldição da melhor campanha" para ir longe na Copa Libertadores

Comentários()
Alexandre Schneider/Getty
De 13 times líderes na fase de grupos desde 2005, apenas dois foram campeões e outros três amargaram o vice-campeonato

Ao entrar em campo contra o Cerro Porteño, no dia 9 de agosto, no Estádio General Pablo Rojas, o Palmeiras terá muito mais que um time como adversário para enfrentar na Copa Libertadores.

O retrospecto de times que fizeram a melhor campanha na competição, ao contrário do que se pensa, não é bom. Desde 2005, quando foi implementado o critério dos gols fora de casa como desempate, em apenas duas vezes o líder geral ergueu o troféu ao fim do torneio.

No período analisado, os brasileiros dominaram a Libertadores na fase classificatória. Em oito oportunidades, a melhor campanha foi de um representante do país tupiniquim, enquanto a Argentina teve o melhor time entre os 32 participantes, e a Colômbia foi líder geral uma única vez, em 2016. Nesse ano, o Atlético Nacional foi responsável por escrever seu nome na história.

Fluminense x Boca Juniors Libertadores 2012
(Foto: Vanderlei Almeida/AFP/Getty Images)

O Fluminense terminou a parte dos grupos na liderança entre os 16 que avançaram duas vezes e não teve um final feliz, assim como o Vélez Sarsfield. O Tricolor das Laranjeiras foi vice-campeão em 2008 e parou nas quartas de final em 2012, ocasião na qual houve o primeiro campeão invicto da história, com o Corinthians.

O Atlético-MG também foi o melhor em duas oportunidades. Em 2013, fez a campanha coroada com a primeira conquista do clube, na icônica final nos pênaltis, em pleno Estádio Mineirão. Já em 2017, o Galo deu adeus ao certame nas oitavas de final.

Atlético-MG Libertadores 2013
(Foto: Vanderlei Almeida/AFP/Getty)

Outra curiosidade fica por conta de a melhor campanha da história da fase de grupos no intervalo revisado foi do Santos, em 2007. Na ocasião, o Peixe acabou eliminado para o Grêmio pelo critério do gol qualificado, e o Tricolor Gaúcho foi derrotado na decisão.

River Plate x São Paulo Libertadores 2005
(Foto: Ali Burafi/AFP/Getty Images)

O único brasileiro que se deu bem contra um líder geral foi o São Paulo. Em 2005, o Tricolor Paulista superou o River Plate, da Argentina, na semifinal do torneio e foi campeão superando o Atlético-PR na final.

Confira o retrospecto geral das equipes que obtiveram a primeira colocação na competição por ano e como terminaram a Libertadores.

Ano Equipe Fase alcançada Rival da fase alcançada
2005 River Plate-ARG Semifinal São Paulo
2006 Vélez Sarsfield-ARG Quartas de final Chivas Guadalajara-MEX
2007 Santos Semifinal Grêmio
2008 Fluminense Final LDU-EQU
2009 Grêmio Semifinal Cruzeiro
2010 Corinthians Oitavas de final Flamengo
2011 Cruzeiro Oitavas de final Once Caldas-COL
2012 Fluminense Quartas de final Boca Juniors-ARG
2013 Atlético-MG Final Olímpia-PAR
2014 Vélez Sarsfield-ARG Oitavas de final Nacional-PAR
2015 Boca Juniors-ARG Oitavas de final River Plate-ARG
2016 Atlético Nacional-COL Final Independiente del Valle-EQU
2017 Atlético-MG Oitavas de final Jorge Wilstermann-BOL
2018 Palmeiras Oitavas de final Cerro Porteño-PAR
*Em negrito: equipes campeãs
*Em itálico: a disputar

 

Fechar