Outra vez na rota da Seleção, Ochoa é pedra no sapato de brasileiros

Comentários()
Getty Images
Goleiro foi o responsável pelos 0 a 0 na Copa do Mundo do Brasil e também deixou clubes brasileiros pelo caminho na Libertadores

banner Copa 2018

Mais uma vez a Seleção Brasileira se vê diante de ninguém menos que Guilhermo Ochoa, o goleiro é uma verdadeira pedra no sapato. Em sua segunda Copa do Mundo como titular, essa é a quarta no total, ele vai encarar o Brasil pela segunda vez, na primeira fechou o gol. 

Para quem não se lembra, Brasil e México caíram no mesmo grupo na Copa do Mundo de 2014, e o arqueiro foi o grande responsável pelo 0 a 0 no placar. Ele, no entanto, tem a dura missão de evitar que a Seleção Brasileira passe de fase, para isso vai ter que fazer algo histórico, parar a equipe de Tite não só no tempo normal, como na prorrogoção e na disputa de pênaltis, caso necessário. 

Isso porque os mexicanos jamais venceram a Seleção Brasileira na história das Copas do Mundo, foram 4 encontros e nem ao menos conseguiram balançar as redes uma vez sequer. Nesta Copa do Mundo, Ochoa vem sendo um dos grandes destaques da equipe e apontado pela imprensa local como o melhor em campo. 

Guillermo Ochoa Paulinho David Luiz Brazil Mexico World Cup 20140617

Mas a história de Ochoa com os brasileiros começou lá atrás, quando o goleiro ainda defendia o América do México, em 2008. O Flamengo estava nas oitavas de Libertadores e enfrentou a equipe mexicana, depois de um bom primeiro jogo, onde apesar de ter sofrido quatro gols o goleiro foi peça importante, ele fechou o gol na segunda partida. 

Incrivelmente deixou o Flamengo pelo caminho e os torcedores rubro-negros desolados, já que davam como certo a classificação depois de uma grande partida no México. Ele fez parte, ao lado de Cabañas, autor dos gols, de um grande "Maracanazzo". 

GUILHERMO OCHOA 2008
(Foto: Getty Images)

Na rodada seguinte, foi a vez dos torcedores do Santos sofrerem nas mãos de Ochoa, ele pegou até pensamento na primeira partida, no segundo jogo, foi vazado uma vez, o que era insuficiente para garantir a classificação santista. 

Por mais que a boa equipe do Santos tentasse, não conseguiu anotar o outro tento que levaria o jogo para os pênaltis e parou também nãos mãos de Ochoa que garantiu o América do México na semifinal da Copa Libertadores da América daquele ano. 

Agora, Ochoa espera repetir o feito e levar o México o mais longe possível nesta Copa do Mundo, mas terá pela frente, talvez, o maior desafio de sua carreira até aqui.

Brasil e México se enfrentam nesta segunda-feira(2), às 11(de Brasília), na Arena Samara. O duelo é válido pelas oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia. 

Fechar