Otimismo em alta e sonho de troféus: jogadores do Atlético de Madrid comemoram a Supercopa

Comentários()
Getty Images
Confira o que disseram nomes como Diego Costa, Koke e Diego Simeone após a vitória histórica sobre o Real

O clima no Atlético de Madrid após a conquista da Supercopa da Europa sobre o Real Madrid, eterno rival, por 4 a 2, não poderia ser melhor. E após o jogo, todos os setores do clube convergiram para o otimismo em relação à atual temporada – na qual, inclusive, o Atleti recebe em sua casa a decisão da Champions League.

“O clube deu um salto, e tomara que siga crescendo. Vamos brigar para ganhar o que vier”, disse Diego Costa, autor de dois gols e eleito o melhor em campo pela UEFA.

Já o técnico Diego Simeone, que agora é o comandante que mais títulos levantou pela equipe, também comemorou (embora, por causa de uma suspensão, não tenha comandado o Atleti de dentro do campo).

“Desta vez, os detalhes que decidem uma partida vieram para o nosso lado. O pênalti (convertido por Sergio Ramos) nos tirou um pouco do jogo, mas as substituições foram fenomenais”.

"Hoje é para comemorar, sem dúvidas. Porque quando se perde, o sofrimento é grande”, garantiu.

 

É CAMPEÃO!  #Atlético supera o #RealMadrid na prorrogação e fica com a Supercopa da #UEFA 2018!  #Atleti

Uma publicação compartilhada por Goal Brasil (@goalbrasil) em

Abaixo, confira o que outros representantes do Atleti disseram após a conquista histórica!

Enrique Cerezo (presidente do Atlético de Madrid): “Tentaremos não ser os anfitriões na Champions, e sim o time que chega à final. Temos a equipe que queremos, com os jogadores que queremos. É um ano que nos enche de expectativas”.

Lucas Hernández: “Ganhar um título é algo grande, mas contra o eterno rival é ainda melhor”

Ángel Correa: “Esta vitória nos dá muita confiança para o que tem para vir”.

Koke: “É o início de um ano que, tomara, pode ser muito bonito. O que nós queremos é ganhar. Nós voltamos com muita gana, tem que seguir assim. Nós queríamos ganhar do Madrid em uma final europeia, foi um jogo espetacular”.

Fechar