Os jogadores 'estrelas' que não vingaram na Seleção Brasileira

Comentários()
Adriano, Alexandre Pato, Edmundo e Ganso são apenas alguns nomes que conseguiram brilhar com a "Amarelinha"

Nem sempre estrelas e ídolos dos clubes viram peças importantes nas seleções. No Brasil, por exemplo, alguns jogadores muito identificados com os torcedores não souberam aproveitar ou não tiveram oportunidades e acabaram decepcionando.  

Com a proximidade da Copa do Mundo da Rússia, a Goal relembra alguns nomes recentes que não conseguiram brilhar com a 'amarelinha' e não conseguiram completar esse ciclo. Confira!

GFX PH Ganso

Cotado para ser o novo camisa 10 da Seleção Brasileira, Ganso decepcionou não só o país, como também todo o futebol europeu. Ausência mais lamentada na Copa da África em 2010, ele era considerado por grande parte da mídia e torcedores o jogador com mais recursos que Neymar. Sua convocação era quase um desejo nacional. No entanto, nada convenceu o então técnico Dunga.

Mesmo assim, era considerado certo no Mundial de 2014. Outro erro. Apesar do começo promissor com Mano Menezes, que substituiu Dunga após o fracasso na África do Sul, uma sequência de lesões e a sua queda de rendimento o afastaram ainda mais.

Atualmente no Sevilla, Ganso segue duramente criticado no futebol europeu e cada vez mais longe da Seleção Brasileira.


GFX Adriano

Enquanto Ganso não fez o sucesso que esperava tanto no Brasil quanto fora do país, o caso de Adriano é diferente. Pelo menos, chegou a jogar uma Copa do Mundo. 

Ele poderia ter sido um dos maiores centroavantes da história da Seleção? Sim, poderia. Mas não foi. Com problemas extracampo, que atrapalharam o seu desempenho tanto nos clubes quanto na Seleção, o jogador se afastou dos gramados antes do tempo e deixou o gostinho de quero mais. Uma pena.


GFX Kaká

Com três participações em Copas, Kaká foi campeão em 2002, com Felipão. Ainda jovem, ele esteve em campo por apenas 25 minutos, mas deixou a impressão que seria a esperança da Seleção para os próximos anos. 

No entanto, mais uma decepção. O talentoso meia deixou muito a desejar em 2006, muito por conta do se físico, assim como em 2010. Com dores, precisou aguentar a responsabilidade de ser o principal nome da equipe. Ao todo, o meia marcou 29 gols, e se despediu da Canarinho com os torcedores querendo ver mais do seu talento.

GFX Pato

O atacante Alexandre Pato coleciona algumas boas passagens, mas não é convocado à equipe já há cinco anos. Atualmente no futebol chinês, o jogador ainda sonha em retornar à Seleção, apesar de nunca ter sido o jogador que se esperava em nível de clube.

GFX Edmundo 

Conhecido como "Animal" e ídolo das torcidas de Palmeiras e Vasco, Edmundo até hoje levanta discussões se era para ter sido eleito o melhor jogador do mundo em 1997. 

Sem ter participado da Copa de 94, nos Estados Unidos - apesar do ótimo momento atravessado no Palmeiras -, o atacante foi para a França, em 98, mas ficou na reserva de Ronaldo e Romário.

Enquanto muitos achavam que ele ganharia a vaga do 'baixinho', cortado por lesão, Zagallo optou por manter Edmundo no banco e escalou Bebeto.

Na final contra a anfitriã, o jogador até foi relacionado como titular depois de Ronaldo passar mal, mas o resto da história todos sabem: o camisa 9 foi para o campo de última hora e o 'Animal' nunca conseguiu se firmar na seleção.


GFX Ceni

Ídolo do São Paulo, Ceni sofreu uma concorrência de peso na Seleção Brasileira e nunca conseguiu se firmar. Com Taffarel, Dida e Marcos à sua frente, o goleiro passou sem brilho.
Apesar da convocação para o Mundial de 2002, Ceni ficou na reserva de Marcos, do Palmeiras, enquanto em 2006 ele entrou no lugar de Dida, no duelo contra o Japão. Em 14 jogos com a 'amarelinha', sofreu 17 gols.

Mais artigos abaixo

 

 

 

Próximo artigo:
Próximos dias serão decisivos para o Palmeiras dentro e fora das quatro linhas
Próximo artigo:
Brasil x Camarões: a visão do adversário
Próximo artigo:
Suárez aconselha Dembélé: "Deve se concentrar apenas no futebol"
Próximo artigo:
Aguirre finalmente fala sobre saída do São Paulo: "Libertadores é prova de objetivo conquistado"
Próximo artigo:
Ex-jogador do Manchester United vê equipe com necessidade de reforços e afirma: "Dinheiro não é problema"
Fechar