Organização Nacional de Transplante confirma que a cirurgia de Abidal ocorreu dentro das leis

Comentários()
getty Images
Após as investigações, as suspeitas sobre a compra ilegal do órgão foram descartadas

Ex-lateral do Barcelona e da seleção francesa, Éric Abidal precisou passar por um transplante de fígado após um câncer. Porém, além do que muitos puderam imaginar, o jogador estava sendo investigado por suspeita de compra do órgão no mercado negro.

As investigações surgiram após a suspeitas de o ex-presidente do Barcelona, Sandro Rosell ter pago pela compra do fígado. Na ocasião, Abidal jogava com a camisa do time espanhol. Entretanto, a ONT - Organização Nacional de Transplante – acabou com qualquer chance de novos rumores.

Em nota oficial, a instituição explica o caso:

"A ONT em colaboração com o Hospital Clinic e a Organização Catalã de Transplante (OCATT) revisou cada passo do processo no âmbito das suas competências, cujo relatório final ainda não foi emitido".

GFX_ERIC ABIDAL

"Ao contrário do que foi publicado por alguns veículos de comunicação, Eric Abidal estava na lista de espera por um transplante de doador falecido. Diante da progressão de sua doença, a equipe médica considerou a opção de um transplante de fígado de um doador vivo”, informa.

O doador no qual a nota se refere é o primo do francês. O atleta fez questão de publicar em sua rede social a foto de ambos em processo médico para pôr fim às especulações.

"Com a publicação desta imagem quero pedir respeito para meu primo Gerard e defender a sua honorabilidade. Denuncio publicamente a atitude de alguns veículos de imprensa que continuam pondo em dúvida a legalidade de uma cirurgia que salvou a minha vida. Já chega! Peço respeito a todos nós que passamos e para as pessoas que estão passando por uma situação similar", afirma. 

Próximo artigo:
Futebol na TV: confira a programação de quarta-feira, 16 de janeiro
Próximo artigo:
Quantos gols Cristiano Ronaldo tem na carreira?
Próximo artigo:
Santos no Mercado: Quem chega, quem sai e quais as prioridades para 2019?
Próximo artigo:
Corinthians no Mercado: Quem chega, quem sai e quais as prioridades para 2019?
Próximo artigo:
Mercado: Atlético Nacional confirma venda de Felipe Aguilar para o Santos
Fechar