O "ritmista", Coutinho brilha como maestro e está preparado para função na Copa do Mundo

Comentários()
Pedro Martins/MoWa Press
Jogador teve atuação impressionante e ditou o ritmo do meio-campo da Seleção Brasileira diante da Áustria

Desde que assumiu a Seleção Brasileira, Tite procurou por opções para o "ritmista" no meio-campo. Neste domingo(10), a vitória de 3 a 0 do Brasil sobre a Áustria, Tite teve a certeza de que Phillippe Coutinho é o seu maestro para a Copa do Mundo da Rússia.
 
Atuando como uma espécie de "inferior esquerdo", infiltrando pelo meio, o camisa 11 foi táticamente o jogador mais importante do Brasil na partida. Ele qualificou a saída de bola da equipe, chamou o jogo, fez a bola girar, deu opções e buscou e buscou o ataque sempre que possível, ainda deixou a sua marca ao marcar o terceiro gol e fechar a conta. 
 
Como um verdadeiro maestro, Coutinho foi fundamental para que o Brasil quebrasse a linha de cinco formada pelo time austríaco e tivesse facilidade para chegar no ataque. Ele ditou o ritmo da partida e foi o grande "condutor" da Seleção. 
 
Coutinho Tite Brazil Croatia Friendlies 03062018
(Foto: Getty Images)
 
Desempenho de Coutinho neste domingo comprova a versatilidade do jogador no meio-campo, que pode atuar tanto desta forma, como uma espécie de maestro, como pelo lado esquerdo do campo e até direito. Vale ressaltar que a posição em que Neymar atua, é o setor do campo em que o jogador do Barcelona está mais acostumado a atuar. 
 
Depois da partida, o meia destacou a importância da vitória e o fato da equipe ter conseguido explorar bem a linha de cinco formada pela Áustria. 
 
"Foi um jogo importante para a gente, o último da nossa preparação para o Mundial. Creio que o time fez muito bem. Merecemos a vitória e isso é importante para dar confiança. “Muitos times na Europa jogam assim, com cinco atrás. O professor Tite nos passou a forma de penetrar na defesa deles e creio que fizemos com eficiência. A vitória hoje dá mais confiança para chegarmos na Copa".
 
Austria - Brazil
(Foto: Getty Images)
 
Esse sem dúvida foi o melhor jogo de Coutinho atuando por dentro pela Seleção Brasileira, atuação para dar certeza a Tite de que o jogador está pronto para fazer essa importante função. Praticamente todas as bolas passaram pelos pés do jogador, que deu velocidade e transformou a transição da defesa para o ataque em algo simples. 
 
Além do mais, torna o lado esquerdo da Seleção, talvez, o mais forte desta Copa do Mundo, com um triângulo formado por Marcelo, Coutinho e Neymar, alinhando qualidade técnica, inteligência, visão de jogo e muita intensidade. 
 
A Seleção Brasileira fecha a rodada dupla Brasil Global Tour com duas importantes vitórias e o time pronto para a estreia na Copa do Mundo. A equipe de Tite volta a campo no próximo domingo(17), contra a Suíça, na estreia do Mundial da Rússia. 

Fechar