Notícias Placares ao vivo
Copa do Mundo

O retrospecto incrível de Modric em decisões foi abalado com sua segunda derrota em finais

12:44 BRT 17/07/2018
2018-07-15 Luka Modric
Camisa 10, craque, capitão e maestro da Croácia lamentou o revés na decisão da Copa do Mundo para a França

Luka Modric tem uma carreira invejável. Camisa 10 e maestro do Real Madrid, conquistou tudo o que era possível mais de uma vez em um dos maiores clubes do planeta. Já pela Croácia, depois de tantas decepções, escreveu uma história magnífica na Rússia.

O título não veio, e é claro que o craque ficou chateado com o vice-campeonato. No entanto, ao mesmo tempo que lamentou a derrota, o meia também ficou orgulhoso com o segundo lugar, que representa a melhor campanha da história da Croácia em Copas do Mundo, superando inclusive a geração de Davor Suker e companhia, que ficou em terceiro em 1998.

Não à toa, milhares de pessoas receberam a seleção em Zagreb, e eles se tornaram heróis nacionais. Por melhor que seja o time, repleto de bons jogadores, é um feito incrível colocar uma pequena nação de apenas 23 anos de vida na final da Copa do Mundo.

Ainda assim, mesmo orgulhoso e eleito o melhor jogador do Mundial, tendo um desempenho sensacional na Rússia, Modric lamentou a derrota para a França, que foi a sua segunda em finais.

(Foto: Getty Images)

O camisa 10 tem um desempenho incrível em decisões, com 10 vitórias em doze finais. Ele, porém, não ganhou a que mais queria.

Em 2007 e 2008, ganhou a Copa da Croácia pelo Dinamo Zagreb. Depois, pelo Real Madrid, ganhou a Copa del Rey em 2014, a Champions League no mesmo ano e em 2016, 2017 e 2018, além do Mundial de Clubes em 2014, 2016 e 2017.

A única derrota de Modric em finais aconteceu em 2013, quando o seu Real Madrid foi derrotado pelo Atlético de Madrid na Copa del Rey. A segunda foi agora, na Copa do Mundo.