O que esperar do reencontro entre Palmeiras e Cruzeiro pelo Brasileirão?

Comentários()
Pedro Vilela/Getty
Times se enfrentaram pelas semifinais da Copa do Brasil durante semana e vão se reencontrar após quatro dias da disputa

Palmeiras e Cruzeiro disputaram duelo eletrizante em partida de volta das semifinais da Copa do Brasil na última quarta-feira (27). E após empate em 1 a 1, no Mineirão, a Raposa garantiu a vaga para a finalíssima da competição, graças a vitória no duelo de ida por 1 a 0, no Allianz Parque.

Embora o clima em campo tenha sido quente durante os 180 minutos de bola rolando, os clubes protagonizaram briga generalizada após apito final do árbitro. Tendo como protagonistas Sassá do Cruzeiro e Mayke do Palmeiras, com direito a soco, pontapés e xingamentos, a briga em campo se espalhou paras as arquibancadas: torcedores do Alviverde e policiais entraram em confronto ainda nas comodidades do estádio.

Porém, as discussões se estenderam durante caminho para vestiário e, novamente, os atletas precisaram ser contidos pelos seguranças. E ao que tudo indica, a “rincha” está longe de terminar.

Um novo capítulo pestres a ocorrer

Neste final de semana, Palmeiras e Cruzeiro se enfrentam no domingo (30), ás 11h (Brasília), no Estádio do Pacaembu, pela 27º rodada do Brasileirão. E o espírito de revanche poderá roubar a cena durante partida. Principalmente pelo lado paulista.

Durante saída do gramado, o treinador palmeirense, Luiz Felipe Scolari provocou os rivais ao gritar “vocês vão lá domingo. Esperem sentadinhos".

A competição é diferente e a vaga para final deixou de ser o principal objetivo. Entretanto, com uma eliminação e a chance real de assumir a liderança do Brasileirão, o Palmeiras está engajado a enfrentar o Cruzeiro com os ânimos “exaltados”. E para contribuir com o feito, o soco de Sassá em Mayke servirá como motivação.

Em entrevista após eliminação, Dudu chamou Sassá de covarde e aumentou as expectativas do famoso bordão “vai ter troco”.

“O cara é covarde, aproveita que está de costas para dar soco enquanto o cara não está vendo, mostra que esse moleque é um covarde. Mas tranquilo, domingo ele vai jogar lá em São Paulo, a gente conversa com ele”, disse.

No entanto, os palmeirenses vão ter que esperar caso queiram se encontrar novamente com Sassá. Técnico da Raposa, Mano Menezes já avisou que não relacionará o cruzeirense para o duelo no Pacaembu.

Mais de 22 mil ingressos foram vendidos de forma antecipada para o jogo do Brasileirão. Em peso, a torcida do Palmeiras almeja comemorar três pontos em cima do Cruzeiro e assumir a liderança do Nacional. Mas para isso, será necessária uma derrota ou empate do atual líder, o São Paulo contra o Botafogo ás 16h (Brasília), no Estádio Nilton Santos.

De fato, muita coisa há de ocorrer na manhã deste domingo, o estádio, o campeonato e o objetivo são outros, mas como destacou o lateral-direito do Verdão, Marcos Rocha, a mesma fúria de quarta-feira entrará em campo: “a raiva que ficamos vamos guardar para fazer um grande jogo no domingo”.

Fechar