Nome do jogo, Akinfeev exalta união do elenco após classificação sobre a Espanha

Comentários()
Getty Images
Goleiro admite que time entrou com proposta de jogar mais recuado, segurando o jogo

Autor de boas defesas ao longo da partida contra a Espanha e responsável por pegar duas cobranças de pênaltis (Koke e Aspas), o goleiro Igor Akinfeev se transformou no grande herói da classificação da Rússia para as quartas de final da Copa do Mundo.

Eleito pela FIFA o melhor jogador da partida, o goleiro concedeu entrevista ainda no gramado, logo após o apito final e analisou o jogo, admitindo que a seleção russa jogou na defesa, confiando na sua atuação.

"Durante todo o segundo tempo nós ficamos na defesa, defendemos o gol e estávamos esperando os pênaltis, pois é muito difícil jogar contra a Espanha. Conseguimos, e nem sempre os espanhóis ganham. Graças a Deus ganhamos" afirmou Akinfeev.

Há 14 anos na seleção, o jogador de 32 anos que é dono da faixa de capitão foi exaltado pelos companheiros de equipe. Líder do elenco, Akinfeev falou sobre a superação da equipe que vinha sendo criticada antes do Mundial, mas vem fazendo uma grande Copa do Mundo.

"Antes do torneio, eu disse que nós devíamos nos unir, e conseguimos fazer isso. Estamos realizando uma Copa fantástica, e não só nossos torcedores, mas dos outros países também, entendem que a Rússia é um país que joga futebol e sabe organizar uma festa" finalizou o goleiro.

Próximo artigo:
Solskjaer defende Mourinho: "Eu não acho que ele terá problemas para arrumar um emprego. Ele é fantástico"
Próximo artigo:
Oficial: Brasil enfrentará a República Tcheca, em Praga
Próximo artigo:
Mbappé conhece Beckham e tieta o ídolo nas redes: "Uma inspiração para mim"
Próximo artigo:
"Neymar e Mbappé podem dividir a Bola de Ouro nos próximos dez anos", diz Buffon
Próximo artigo:
Santos estaria interessado em recontratar André, hoje no Grêmio
Fechar