Neymar presta depoimento de 5 horas sobre acusação de estupro

Comentários()
Getty Images
Jogador do PSG prestou depoimento à polícia em São Paulo e agradeceu aos fãs por apoio recebido durante o caso

Neymar falou rapidamente à imprensa após prestar depoimento de quase cinco horas à polícia São Paulo

O atleta compareceu à delegacia onde a modelo Najila Trindade o acusou de estupro e agradeceu aos seus fãs pelo apoio que tem recebido após as acusações de estupro.

"Vou ser breve", disse o jogador a jornalistas que esperavam ele na saída da delegacia. "Só quero agradecer ao apoio e carinho de todo mundo que está me mandando as mensagens. Estou muito tranquilo", afirmou.

Um enorme esquema de segurança foi montado na delegacia para receber o jogador. Um grupo de pessoas apareceu no local para demonstrar apoio a Neymar.

Antes da declaração do jogador, três promotores que interroragram o atleta disseram que Neymar respondeu todas as perguntas que lhe foram feitas. "Agora a delegada Juliana Bussacos vai tomar as ações necessárias para concluir as investigações. Elas são confidenciais e não podemos comentá-las", concluiram.

Os promotores confirmaram que Neymar negou ter cometido o crime.

O CASO

A polícia confirmou à Goal que há uma acusação feita contra o jogador por uma mulher que ele conheceu em Paris. A corporação não discute a investigação feita após o boletim de ocorrência criado em 31 de maio.

O UOL foi o primeiro veículo a noticiar as acusações. A polícia mantém os depoimentos dos envolvidos sob sigilo.

Neymar nega as acusações de abuso e diz que é alvo de chantagem. O pai do atleta acredita que as mensagens de WhatsApp enviadas do telefone de seu filho para a mulher podem ser usadas para provar sua inocência.

Neymar teve que deixar o campo aos 20 minutos do primeiro tempo do amistoso da Seleção Brasileira contra o Catar na quarta-feira da última semana após uma lesão no tornozelo. Ele foi cortado do grupo que irá disputar a Copa América.

Mais artigos abaixo

No último dia 6 Neymar deu depoimento de mais de uma hora à polícia no Rio de Janeiro sobre um vídeo que publicou nas redes sociais que continham, sem permissão, fotos e vídeos da mulher que o acusa. O caso pode ser enquadrado como violação da sua privacidade online.

O jogador publicou o vídeo para tentar se defender publicamente das acusações de estupro. A polícia não comentou as acusações e não acusou formalmente Neymar de qualquer crime.

"Queremos provar a inocência de nosso cliente, temos confiança disso", disso a advogada do atleta Maira Fernandes. "Neymar deu seu depoimento sobre as imagens vazadas. Ele vai esclarecer o caso o mais rápido possível".

Fechar