Nnamdi Collins: o zagueiro do Dortmund que quase bateu Aubameyang... em velocidade

Nnamdi Collins NxGn
Getty/Goal
O defensor de 16 anos recusou equipes como Chelsea, Juventus e Man City para permanecer na Muralha Amarela

O Borussia Dortmund não costuma fazer grandes anúncios. Novidades sobre os profissionais do clube, positivas ou negativas, são divulgadas de maneira casual, e algumas contusões nem chegam a ser explicadas em notas oficiais do time.

Por isso, foi notável a atenção e o tamanho que a equipe alemã deu à decisão de Nnamdi Collins de renovar o contrato com o clube até 2023.

Lars Ricken, coordenador das categorias de base, chamou o zagueiro de 16 anos de "um talento espetacular", depois do Dortmund ter conseguido vencer a concorrência contra alguns dos maiores clubes da Europa para manter o jogador, considerado um dos jovens mais promissores de sua geração.

Nascido em Dusseldorf, com raízes niegrianas, Collins começou sua carreira no futebol no Fortuna Dusseldorf, antes de assinar com o Dortmund com 12 anos, em 2016. Alto para sua idade, foi treinado desde o primeiro dia para jogar na defesa - e está brilhando na função

"Numa final contra o Schalke, no sub-15," contou para a Goal Marco Lehmann, treinador das categorias sub-14 e sub-15 no Dortmund. "Nnamdi teve um duelo intenso contra Semin Kojic, do Schalke. No vestiário, depois da vitória, eu falei: 'Nnamdi, que atuação!' Ele riu e disse: 'eu amo jogar contra os melhores. Foi muito divertido'. A partir daí, todos sabiam que ele tinha que pular o sub-16."

E foi isso que aconteceu, com Collins jogando todas as partidas pelo Borussia sub-17, um time que só levou 22 gols em 21 partidas antes da suspensão do futebol. O jogador, que recebeu a braçadeira de capitão da Alemanha sub-16 no começo da temporada, também marcou quatro gols no ano.

Tendo recebido a oportunidade de treinar com o elenco comandado por Lucien Favre em março, Collins será promovido ao sub-19, mesmo antes de completar seu 17º aniversário, em janeiro. O contrato do jogador será automaticamente transformado num acordo profissional e ele poderá contribuir no time principal.

O desenvolvimento rápido de Collins atraiu atenção em toda a Europa. Tanto o Manchester City quanto a Juventus já demonstraram interesse nestes últimos 12 meses, mas foi o Chelsea que chegou mais perto de o tirar de Dortmund. Os Blues já monitoram seu progresso por três anos, e, segundo fontes, tentaram de todas as formas levar o garoto para o oeste de Londres. Nada feito.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

🌪🌪

A post shared by Pharrell Nnamdi Collins ✟ (@nnamdi_pnc) on

"Ele está amadurecendo muito com tudo isso," contou Sebastian Geppert, seu treinador no sub-17, para a Goal. "Nós conversamos muito. Foi sua decisão, no final. Estamos felizes que ele escolheu ficar aqui."

Lehmann completa: "Alguns dias atrás, Nnamdi e sua mãe me falaram que ele sonha em atuar pelos profissional do Borussia Dortmund. Que é aqui que ele ficar, no seu clube."

Não é difícil ver o porquê de tantos clubes estarem interessados em Collins, devido a seu potencial técnico e físico. Nos últimos testes de velocidades, o Dortmund cronometrou seu tiro de 30 metros em 3.8 segundos - Pierre-Emerick Aubameyang, um dos velocistas mais famosos do futebol atual, fez 3.7 segundos no mesmo teste.

Collins também vem sendo elogiado por sua habilidade com a bola nos pés, algo cada vez mais necessário para defensores modernos.

"A velocidade de Nnamdi é inacreditável," opina Patrick Fritsch, um ex-jogador promissor do Borussia Dortmund no começo da década, forçado a se aposentar por problemas físicos, agora assistente técnico do sub-17 do clube. "Também é muito técnico e inteligente. Não é um 'brucutu'. Mesmo sendo muito alto, é um grande jogador de futebol com a bola."

Nnamdi Collins NxGn GFX

Lehmann acrescenta: "Eu acho que Nnamdi deu uns 10 chutões, no máximo, nos dois anos comigo. Sem a bola, busca solucionar problemas com criatividade, aproveitando sua velocidade."

"Ela adora esses duelos intensos. No ar, devido ao seu tamanho e impulsão, é quase imbatível, ofensiva ou defensivamente. Tem um chute forte e excelente técnica, principalmente pra sua idade. Muito intenso, até chegava a aparecer para finalizar dentro da área do oponente. Vai ser um jogador especial."

Mais artigos abaixo

"Acima de tudo, ele sabe que ainda é muito cedo, precisa melhorar muito. Nnamdi sempre está sorrindo, é muito humilde. Seus pais foram muito importantes no seu crescimento."

Com a especulação sobre seu futuro tendo terminado, Collins vai conseguir focar apenas em se desenvolver. É difícil ver zagueiros muito jovens já tendo destaque nos profissionais, mas o Borussia Dortmund, tradicionalmente, é um clube que não vê problemas em dar oportunidades para garotos se acreditar que eles estão prontos.

Em Collins, eles tem um jovem que está seguindo todos os passos certos para se tornar um grande jogador. Quem sabe, no futuro próximo.

Fechar