Niang minimiza pênalti anulado pelo VAR: "Não perdemos por causa disso"

Comentários()
Getty Images
Atacante analisa campanha de Senegal na Copa do Mundo, após eliminação

banner Copa 2018

O atacante Niang, de Senegal, não escondeu a frustração pela eliminação na Copa do Mundo. Após a derrota para a Colômbia nesta quinta-feira (28), pela última rodada do grupo H, o jogador de 23 anos analisou a partida.

"A gente tinha começado bem, esperávamos conseguir pelo menos um empate hoje para passar. Não conseguimos. Todos nós estamos muito decepcionados", disse. "Acho que a gente merecia passar, agora, como se diz no futebol, vamos precisar trabalhar para voltar a ir para a frente", completou

Aliou Cisse Senegal 2806
(Foto: Michael Steele/Getty Images)

Para Niang, o maior erro de Senegal na Copa do Mundo foi ter cedido o empate com os japoneses na segunda rodada. "Acho que contra o Japão a gente poderia ter alcançado um resultado melhor, a gente já sabia que era um jogo importante. Hoje começamos bem, fizemos uma boa partida, mas são detalhes, jogadas de bolas parada e eles marcaram. Tentamos, mas no final não conseguimos empatar", afirmou.

Senegal teve um pênalti marcado pelo árbitro, mas que depois com ajuda do VAR, voltou atrás, e Niang preferiu usar o fato como desculpa para a derrota. "Hoje com todas as câmeras que eles têm, toda a tecnologia, se disseram que não há pênalti, não há pênalti. Não perdemos a partida por causa disso, poderíamos ter jogado muito melhor", concluiu.

Fechar