Neymar, Griezmann e Coutinho: 1º de julho irá definir futuro do Barcelona

Comentários()
Getty/Goal
Na próxima segunda-feira, o valor na cláusula de rescisão do francês terá considerável queda, iniciando de vez o aquecido mercado

O Barcelona promete ditar as ações principais deste mercado de transferências, e o apito inicial para começar efetivamente a fazer isso seria 1º de julho. De acordo com notícia publicada pelo The Telegraph, da Inglaterra, será quando os catalães fecharão contrato com Antoine Griezmann, que não seguirá no Atlético de Madrid. A data, inclusive, poderá deixar mais claro os caminhos envolvendo até mesmo Neymar e Philippe Coutinho.

Afinal de contas, será justamente na próxima segunda-feira (1º) que a multa rescisória de Griezmann baixa de 200 milhões de euros para 120 milhões. O acordo com o atacante do Atleti já havia sido acertado, inclusive com declarações de um dos mais importantes dirigentes da equipe de Madri.  Entretanto, o aceno de Neymar buscando um retorno ao Camp Nou poderia mudar o quadro.

Isso porque o PSG também demonstrou interesse em contar com Griezmann, especialmente se Neymar realmente deixar o Parque dos Príncipes. Quando o destino do atacante francês for selado, o mercadão envolvendo o Barça terá um importante elemento a menos.

Se Griezmann for para o Camp Nou, a opção que viabilizaria o tão falado retorno de Neymar poderia envolver Philippe Coutinho: na imprensa europeia, especula-se que o camisa 7 do Barça seria envolvido no acordo. O meia chegaria ao PSG junto de 100 milhões de euros.

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Teste o DAZN com um mês grátis!

Se Griezmann for para o PSG pode ser mais um aceno à saída de Neymar, seja tendo Coutinho envolvido ou não em uma negociação. O camisa 7 do Barça, inclusive, concedeu entrevista coletiva à serviço da seleção brasileira na qual abordou ainda a possibilidade de jogar ao lado do amigo e do francês, além de também destacar que não sabe o que o futuro lhe reserva.

“Jogar ao lado de grandes craques como esses é sempre muito bom, prazer enorme. Sobre futuro, não tenho como falar nada, a gente não sabe o que pode acontecer. Claro que a chegada de grandes nomes é sempre bom para um elenco que quer crescer”, disse. Improvável ver Dembélé, Coutinho, Neymar, Luis Suárez e Lionel Messi em um mesmo grupo de jogadores.

Também existe a opção de Neymar seguir, ainda que a contragosto, no PSG. Mas de qualquer forma o apito inicial para esta “dança das cadeiras” tem data marcada: 1º de julho!

Fechar