Neymar é o 97º melhor da história em lista feita por revista da Inglaterra

Comentários()
Elsa
Craque é apontado como possível substituto de Messi e Cristiano Ronaldo. Cafu (75), Roberto Carlos (90) e Djalma Santos (95) são os outros brasileiros

Neymar já tem lugar cativo na história do futebol. Segundo a revista FourFourTwo, o atleta de 25 anos está entre os 100 melhores jogadores de todos os tempos.

O veículo de comunicação da Inglaterra aponta o camisa 11 do Barcelona como 97ª colocado no ranking que começou a ser divulgado nesta segunda-feira (24).

"Neymar é o próximo grande jogador depois de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo. E inacreditável ver o quanto ele já conseguiu com Barcelona, Santos e Seleção Brasleira, pelo qual marcou 52 gols e deixa o recorde de 77 de Pelé como algo possível", exalta a publicação.

Lionel Messi Neymar Barcelona
Neymar é tido como o substituto de Messi por revista inglesa (Foto: Getty Images)

A lista desta segunda-feira apresentou atletas entre a 61ª posição e a 100ª. Outros três brasileiros estão no ranking: Cafu é o 75º, Roberto Carlos ocupa o 90º lugar e Djalma Santos é o 95º.

Lista dos melhores jogadores de todos os tempos (revista só exibiu do 61º ao 100º):
61. Peter Schmeichel (Dinamarca)
62. Dixie Dean (Inglaterra)
63. Gordon Banks (Inglaterra)
64. Johan Neeskens (Holanda)
65. Jimmy Johnstone (Escócia)
66. Teofilo Cubillas (Peru)
67. Florian Albert (Hungria)
68. Sandro Mazzola (Itália)
69. Dennis Bergkamp (Holanda)
70. Paul Breitner (Alemanha)
71. John Charles (País de Gales)
72. Jose Andrade (Uruguai)
73. Omar Sivori (Argentina)
74. Josef Masopust (Tchecoslováquia)
75. Cafu (Brasil)
76. Dennis Law (Escócia)
77. Frank Rijkaard (Holanda)
78. Just Fontaine (França)
79. Gigi Riva (Itália)
80. Thierry Henry (França)
81. Dragan Dzajic (Iugoslávia)
82. Hugo Sánchez (México)
83. Ryan Giggs (Inglaterra)
84. Giacinto Facchetti (Itália)
85. Uwe Seeler (Alemanha)
86. Gabriel Batistuta (Argentina)
87. Javier Zanetti (Argentina)
88. Allan Simonsen (Dinamarca)
89. Hristo Stoichkov (Bulgária)
90. Roberto Carlos (Brasil)
91. Sepp Maier (Alemanha)
92. Sandor Kocsis (Hungria)
93. Philipp Lahm (Alemanha)
94. Zlatan Ibrahimovic (Suécia)
95. Djalma Santos (Brasil)
96. Obdulio Varela (Uruguai)
97. Neymar (Brasil)
98. Mario Kempes (Argentina)
99. Mario Coluna (Portugal)
100. Gheorghe Hagi (Romênia)

Próximo artigo:
Valverde interrompe rodízio e Messi vai para o jogo
Próximo artigo:
No Brasileirão 2018, Palmeiras teve menos a bola do que times da segunda divisão na Europa
Próximo artigo:
Onde vai passar o jogo do Barcelona contra o Levante, pela Copa do Rei?
Próximo artigo:
Corinthians projeta estreia de Boselli para o jogo contra a Ponte Preta
Próximo artigo:
Por que Conte - e não Pochettino - é o cara certo para o United?
Fechar