Neymar comemora assistência para injustiçado Jesus e projeta “jogo especial” contra a Argentina

Comentários()
Pedro Martins/Mowa
Craque brasileiro ainda lamentou ausência de Messi no amistoso da próxima terça-feira (16)

Neymar não balançou as redes, mas foi um dos grandes destaques da vitória do Brasil por 2 a 0 sobre a Arábia Saudita, nesta sexta-feira (12), em Riade. Em passagem pela zona mista após a partida, o craque do time canarinho disse ter ficado muito contente por ter dado assistência para Gabriel Jesus encerrar um jejum de gols com a amarelinha.

“Fiquei muito feliz por ter dado o passe para o Gabriel Jesus. Acho que houve uma cobrança injusta em cima dele, por todo o trabalho que ele fez para nós, por tudo que foi pedido. No meu modo de ver, fizeram uma injustiça muito grande com ele. Fiquei muito mais contente por ele ter feito um gol do que se eu tivesse feito cinco”, afirmou antes de reconhecer que o Brasil não fez um grande duelo.

“Não fizemos uma grande apresentação, mas fomos consistentes. Há jogos até mesmo em Copa do Mundo que têm de ser assim, você não apresenta um grande futebol, mas acaba ganhando. Sabemos do nosso potencial e que não fizemos uma boa apresentação. Nós nos cobramos muito, mas é ajustar. São muitas mudanças, falta um pouco mais de entendimento em campo. Vamos pegando a cada jogo, a cada treino”, analisou.

Neymar também já projetou o amistoso da próxima terça-feira (16), contra a Argentina, e aproveitou ainda para lamentar a ausência de Messi, que pediu para não participar de mais jogos da seleção hermana em 2018.

“Falei no vestiário que o próximo jogo é especial por ser contra a Argentina. É uma grande seleção, com jogadores de qualidade. Ficamos felizes de enfrentar jogadores grandes, isso torna o futebol mais gostoso”, declarou.

“É uma pena para o futebol. Temos que aproveitar o Messi por muito tempo, quanto mais ele jogar, melhor para quem é amante do futebol”, finalizou.

Fechar