Notícias Placares ao vivo
Juventus

“Não há motivo para seguir na Juventus”, diz Allegri em entrevista

14:43 BRT 18/05/2019
Massimiliano Allegri Juventus 2019
O treinador esteve ao lado do presidente da Juve, que não quis falar sobre quem será o próximo comandante

Massimiliano Allegri não será treinador da Juventus na próxima temporada. Mesmo com mais um ano de contrato, a direção do clube decidiu encerrar a parceria, que na Itália ampliou o domínio da Velha Senhora para algo jamais visto mas que falhou em traduzir este poderio com título na Champions League – o grande sonho da Juve, que levantou a taça europeia pela última vez em 1996.

Durante entrevista coletiva realizada neste sábado (18), o presidente juventino Andrea Agnelli disse que demitir Allegri foi “a decisão mais difícil” já tomada por ele. O dirigente também fez questão de não falar sobre quem vai ocupar o cargo agora vago – nomes como Pochettino já estão sendo especulados. O momento foi de agradecer Massimiliano pelos 11 troféus conquistados (Serie A cinco vezes, Coppa Italia outras quatro além de duas Suppercopas).

ASSINE O DAZN E ACOMPANHE OS JOGOS DA SERIE A ITALIANA!

“Foi a decisão mais difícil que eu precisei tomar neste meu tempo de Juventus. Eu não vou responder perguntas sobre o próximo treinador da Juventus. Hoje estou aqui para celebrar Allegri, um treinador que escreveu história na Juventus. Estes foram cinco anos absolutamente espetaculares, de admiração, afeto, amizade, trabalho duro e acima de tudo muitas vitórias”, disse.

Allegri recebeu homenagens de Andrea Agnelli

“Nós temos que ser capazes de tomar a decisão certa e fazê-la no momento correto. Apenas o futuro vai nos dizer se estas decisões foram as corretas, eu quero escutar opiniões fortes e, uma vez que estas opiniões forem feitas para mim, terei uma decisão para tomar”, destacou.

“Não há motivo para seguir”, diz Allegri

Ao lado de Agnelli, Massimiliano Allegri agradeceu as palavras do presidente e também teceu boas palavras em relação ao seu grupo de jogadores e também a Pavel Nedved, ex-jogador bianconero e hoje dirigente.

“Agradeço ao presidente pelas belas palavras. Agradeço aos rapazes pelo que eles fizeram e pelo que me deram. Eu deixo uma equipe vencedora. Eu deixo um presidente extraordinário, um tomador de decisões. Eu deixo Pavel Nedved, que eu conheci quando era ainda um garoto e agora está se transformando em um líder importante”, disse.

ALLEGRI TRANSFORMOU SERIE A EM ROTINA... MAS FALHOU NA CHAMPIONS

Neste domingo (19), contra a Atalanta, Allegri vai fazer o seu último jogo dentro do Allianz Stadium como treinador da Juve. E espera uma tarde especial, tendo a certeza de que o clube seguirá em frente.

“Amanhã nós teremos uma bela tarde, porque foram cinco anos extraordinários. Quando você entende que precisa, psicologicamente, sair, não há motivo para seguir. Foi isso que aconteceu nas famosas reuniões. Na próxima temporada a Juventus começará novamente, da melhor forma. Um superclube e um time extraordinário”.