Notícias Placares ao vivo
Argentina

Não é mais o mesmo: Mascherano surge irreconhecível em vexame da Argentina

14:00 BRT 28/03/2018
Marco Asensio Javier Mascherano España Argentina 27032018
O atleta de jogo fácil e rápido, que sabia como comandar uma equipe, está longe do que costumava ser

Javier Mascherano foi um ídolo indiscutível na seleção argentina: o veterano está entre um dos protagonistas das grandes memórias vividas pelos Hermanos na Copa do Mundo do Brasil, em 2014. Com jogadas épicas e conversas motivacionais, 'Masche' ganhou o posto de capitão da vice-campeã daquela edição.

Durante sete anos, atuou como meio-campista do Barcelona - e, mais tarde, até como zagueiro -, mesma função exercida na Argentina. Em repetidas ocasiões, ele próprio admitiu que o rigor no treino é a chave para manter o excelente nível na profissão. Para Mascherano, o jogador de futebol depende unicamente de si próprio e sua vontade de querer treinar e se aperfeiçoar cada vez mais.

Mas, como diz o velho ditado, “o tempo passa”. Mascherano perdeu aos poucos o ritmo de jogo dentro do clube espanhol, e o mesmo aconteceu na Albiceleste.


(Foto: Getty Images)

Atualmente defendendo o Hebei Fortune, time da China, foi convocado para os amistosos da seleção e passou vexame junto com seus colegas de equipe ao perder pelo histórico placar de 6 a 1 para a Espanha, nesta terça-feira (27). Ficou claro que o ritmo de jogo do ex-Barça está longe de ser o que era: chegou atrasado em diversas jogadas e, por muitas vezes, errou passes. Acabou substituído antes mesmo do final da partida, algo raro para quem o acompanha há tempos.

A goleada contra à Espanha, serviu para o treinador, Jorge Sampaoli, repensar sua lista antes da convocação oficial para o mundial da Rússia. A equipe do técnico chileno estreia na competição contra a Islândia, em junho.