Na Juventus, Cristiano Ronaldo vai completar sua transição para centroavante

Comentários()
GFX Goal
Ao final de seu novo vínculo, CR7 estará com 37 anos... e até lá um brasileiro já aparece como candidato a ser o seu maior ‘garçom’ em Turim

Header Tauan Ambrosio

Cristiano Ronaldo passou os primeiros anos de sua carreira atuando como um ponta, no Manchester United. Mas com o passar dos anos soube, no Real Madrid, mudar a sua característica de jogo e cada vez mais é um atacante de referência.

Isso ficou evidente tanto na sua última temporada com o Real Madrid, na qual atuou mais centralizado – fazendo até mesmo com que Karim Benzema recuasse mais, ajudando a abrir espaço nas defesas adversárias –, e na Copa do Mundo.

E a tendência de ser um clássico camisa 9, apesar de ser imortalizado com a 7 às costas, deve aumentar agora na Juventus. Afinal de contas, Cristiano terá 37 anos na última de suas quatro temporadas com a equipe italiana. Difícil imaginar que terá fôlego para as ainda constantes escapadas pelos lados de campo. Mesmo sendo CR7.

Na busca eterna para quebrar marcas e conquistar títulos, Cristiano Ronaldo provavelmente vai completar a sua transição em um centroavante. Sua energia direcionada absolutamente para a sua incrível capacidade de definição, enquanto outros jogadores ficarão incumbidos com a missão de lhe servir.

E o brasileiro Douglas Costa já aparece, ao menos na teoria, como um grande candidato a ser o maior assistente de CR7 na Juventus. Afinal de contas, na campanha do título italiano ninguém deu mais passes pra gols (12) ou criou tantas oportunidades (60) quanto o brasileiro.

Douglas Costa JuventusDouglas Costa, candidato a garçom de Cristiano Ronaldo na Juve (Foto: Getty Images)

Jogador de ataque pelos lados do gramado, Douglas passou boa parte de sua carreira especialmente no mesmo flanco esquerdo no qual Ronaldo costuma puxar seus contra-ataques. Entretanto, na última temporada também demonstrou talento ao cair pela direita e deixou uma excelente impressão em suas poucas aparições na Copa do Mundo.

No histórico de Cristiano Ronaldo, cinco de seus sete maiores assistentes atuaram - pelo menos em algum momento desta parceria – na faixa esquerda de suas posições: Ryan Giggs (companheiro no United, com 16 passes para gols), Isco (16), Marcelo (22), Di María (22) e Bale (27).

GFX CR7 GARÇONS

Dentre os citados, talvez o que tenha um jogo mais semelhante ao de Douglas Costa seja Gareth Bale, unicamente pela capacidade de atuar em qualquer extremidade. O galês é o segundo maior assistente da carreira de CR7, mas o maior garçom do português é Karim Benzema, justamente um atacante de referência.

Ou seja: ainda que Douglas seja um grande candidato a servir uma boa quantidade de gols ao novo camisa 7 juventino, a verdade é que o português sabe aproveitar muito bem as suas oportunidades: independentemente de qual direção elas chegam.

Fechar