Mulher que acusa Neymar testemunha por seis horas para a polícia em São Paulo

Comentários()
Najila Trindade deu um depoimento de seis horas para as autoridades locais. Ela alega que foi estuprada pelo craque brasileiro

A mulher de 26 anos que acusou o astro do Paris Saint-Germain, Neymar, de estupro, testemunhou na sexta-feira (7) à polícia de São Paulo por seis horas.

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e teste grátis o serviço por um mês!

Najila Trindade foi escoltada até a delegacia por policiais no meio do dia, com uma jaqueta preta cobrindo a cabeça.

Após seu depoimento, ela foi levada para fora da delegacia por seu advogado e não falou com os repórteres.

Embora a polícia tenha confirmado uma queixa contra Neymar, eles mantiveram silêncio sobre o caso e nenhum detalhe do depoimento de Najila Trindade foi divulgado.

Najila gravou previamente uma entrevista para o canal SBT, detalhando sua versão dos eventos que supostamente ocorreram em 15 de maio em um hotel em Paris, chamando-os de "um ataque seguido de estupro".

Ela alegou que sua intenção era fazer sexo com a estrela do futebol brasileiro. No entanto, pediu que ele usasse preservativo e diz que o atleta se recusou e se tornou agressivo na sequência.

Neymar negou as acusações da mulher. Ele ainda não deu seu depoimento às autoridades sobre a alegação.

A estrela do Brasil falou com a polícia do Rio de Janeiro sobre sua publicação do vídeo que apresenta uma suposta troca de mensagens com a acusadora em sua conta no Instagram. O craque fez a postagem sem a aprovação de Najila Trindade.

As mensagens e imagens foram postadas originalmente na manhã do último domingo (2) para se defender das acusações. Mais tarde, a publicação foi removida.

Para defender o atleta, o pai de Neymar afirmou que prefere "um crime de internet do que um crime de estupro" e disse também que as imagens foram censuradas e o nome da mulher não revelado na ocasião.

Depois de testemunhar para a investigação na delegacia de Crimes Virtuais na quinta-feira, Neymar agradeceu aos fãs por seu apoio, enquanto sua advogada, Maíra Fernandes, afirma estar confiante de que seu cliente será considerado inocente.

No campo, Neymar está fora da Copa América depois de ter sofrido uma lesão no tornozelo direito em um amistoso contra o Catar. Ele deixou o gramado do estádio Mané Garrincha aos 21 minutos de partida.

Mais artigos abaixo

O PSG divulgou um comunicado na quinta-feira dizendo que avaliaria sua lesão para determinar seu tempo de recuperação.

Neymar já foi substituído por Willian, atacante do Chelsea, na lista da Copa América do Brasil para o torneio, que começa com a anfitriã enfrentando a Bolívia em 14 de junho.

Fechar