Mudanças na equipe, líder favorito, luvas atrasadas, planejamento para 2018... A agitada quinta-feira no Corinthians

Comentários()
© Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians
Atividade comandada por Carille no CT Joaquim Grava indica retorno de Pablo na zaga e Romero recuperando vaga de titular

O Corinthians viveu um dia agitado nesta quinta-feira (26). Já pela manhã, em atividade no CT Joaquim Grava, Fábio Carille esboçou mudanças na equipe para o duelo contra a Ponte Preta, neste domingo (29), no Moisés Lucarelli, pela 31º rodada do Campeonato Brasileiro. O Timão deverá ter em campo o time considerado ideal pelo treinador com os retornos de Pablo na zaga e Romero na frente.

O defensor está recuperado de uma lesão muscular na coxa esquerda e trabalhou sem restrições. Ele ficou no time reserva na primeira parte do treino, mas entrou na vaga de Pedro Henrique no segunda etapa do coletivo.

“Estou me sentindo bem, muito bem mesmo. É claro que falta um pouco de ritmo de jogo, hoje foi um trabalho puxado, bom parar tirar essa carga de academia, trabalho físico. Se o Carille optar por mim, estou muito bem”, afirmou Pablo, que desfalcou o Timão contra Coritiba, Bahia, Grêmio e Botafogo.

Pablo e Guilherme Arana - Corinthians - 23/04/2017
(Foto: © Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Já o paraguaio, que foi barrado contra o Botafogo para a entrada de Marquinhos Gabriel, parece já ter recuperado a vaga. Assim, o provável Corinthians para o duelo terá: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon, Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô.

Em entrevista após o treino, os zagueiros Balbuena e Pablo, assim como os outros jogadores que passaram pela sala de coletiva nos últimos dias, precisaram responder a inúmeras perguntas sobre a queda de desempenho no segundo turno e a aproximação dos rivais. Ambos, porém, cravaram: o Timão ainda é o favorito.

“Chance sempre tem, mas vamos fazer de tudo para ganhar. Temos de respeitar os adversários. No primeiro turno, quando estávamos invictos, falávamos que não tínhamos ganhado nada. Esse discurso continua. A gente só depende de nós, isso tem que prevalecer. Estamos trabalhando desde janeiro para o título não escapar”, declarou Balbuena.

“Temos de chamar essa responsabilidade, o Corinthians é muito grande. Todos falavam e hoje tem esse questionamento se vai ser campeão ou não. Temos essa vantagem, estamos bem no campeonato, com seis pontos de vantagem, então o favoritismo é nosso”, completou Pablo, que ainda confirmou ter retomado as negociações para seguir no Timão e se mostrou confiante em um desfecho positivo apesar da novela ainda não ter prazo para acabar.

Já a tarde, em entrevista ao canal “Fox Sports”, o presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, admitiu que o clube está interessado em Zé Rafael e não descartou fazer uma troca com o Bahia por Mendoza, que vem se destacando no clube baiano.

Roberto de Andrade - Corinthians - 15/06/16
(Foto: © Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

“Não conversamos ainda em relação a isso. Sei que Mendoza está fazendo uma excelente temporada no Bahia e pode ser que isso aconteça. Zé Rafael faz um campeonato belíssimo, a gente está monitorando ele desde o início do campeonato e pode ser que dê negócio, sim. É um bom jogador, seria legal para o Corinthians”, ressaltou o mandatário, que, na mesma entrevista, admitiu atraso no pagamento de luvas de dois jogadores titulares: o volante Gabriel e o atacante Jô.

“São dois atrasos. Com um venceu em junho ou julho e com o outro em agosto. Uma parte foi acertada, mas falta a segunda. Com Gabriel estamos praticamente em dia agora. Com o Jô venceu em agosto”, finalizou.

Sem vencer há três partidas, o Corinthians viu a diferença na liderança do Brasileirão encurtar para seis pontos em relação ao Palmeiras, vice-líder, e o Santos, terceiro colocado.

Fechar