Mourinho não cumprimenta Conte após derrota e fala: "Quer que eu o persiga?"

Comentários()
Getty
Técnico disse ainda que empate em Stamford Bridge seria o resultado mais justo

José Mourinho minimizou o significado de não ter cumprimentado Antonio Conte depois de o Manchester United ter sido derrotado por 1 a 0 para o Chelsea neste domingo (5).

A dupla não tem um bom relacionamento desde a chegada de Conte na Premier League e já trocou farpas tanto dentro, quanto fora do gramado.

O técnico do United, no entanto, insistiu que não havia problema entre os dois quando perguntando sobre o nãu cumprimento após o apito final.

"você quer que eu o persiga até o meio do campo? Eu estava lá. Apertei as mãos das pessoas que estavam lá", disse ele.

"Eu acho que um deles era seu irmão, o assistente, então sinto que apertando as mãos de seu irmão e seus assistender eu fiz o meu dever. Eu não posso ir correr atrás dele".

Antonio Conte Jose Mourinho Chelsea Manchester United
(Foto: Getty Images)

"Por que eu deveria esperar (no túnel)? Ele não precisa esperar. Não há nenhum problema com isso. Vocês estão sempre preocupados com essas coisas... não há problema".

Depois de falar da polêmica, Mourinho comentou sobre o jogo. "Foi uma grande partida. Uma equipe poderosa contra uma equipe poderosa. Taticamente, emocionalmente, fisicamente. Claro, perdemos alguns jogadores importantes que não estavam disponíveis", disse.

"O time que marcasse primeiro provavelmente venceria, porque ambos eram bons defensivamente. Sair na frente sempre é uma vantagem".

"Eles marcaram antes de nós e estavam em uma posição mais confortável. Perdemos emocionalmente por alguns minutos após o gol. Nós lutamos, tivemos uma boa reação e controle".

"Mostramos iniciativa, coragem e tivemos chance de igualar, o que teria sido um resultado justo".

Fechar