Miranda sobre amistoso com a Alemanha: "Esse jogo não vai alterar nosso projeto"

Comentários()
Pedro Martins/MoWa Press
Zagueiro minimizou a importância do resultado do duelo desta terça-feira (27), em Berlim

Apesar do 7 a 1 ainda ser muito presente na vida dos brasileiros e gerar grande expectativa para o reencontro com a Alemanha no último amistoso antes da Copa do Mundo, Miranda conversou com a imprensa e minimizou a importância do resultado do jogo desta terça-feira (27), às 15h45 (de Brasília).

"Esse jogo não vai alterar nosso projeto, não seremos nem melhores vencendo ou piores se a derrota acontecer. Temos de estar mentalmente fortes e saber que é um jogo importante, mas que temos feito um grande trabalho, uma grande preparação.", afirmou.

No treino deste domingo (25), o volante do Manchester City, Fernandinho, apareceu entre os titulares no lugar de Douglas Costa, que herdou a vaga de Neymar na vitória por 3 a 0 sobre a Rússia, na sexta-feira.

Confira outros pontos da coletiva:

Marquinhos Talisca Rodrigo Caio Renato Augusto Gabriel Jesus Fernandinho I Brasil Rússia  I Moscou I  20 03 18
Foto: Pedro Martins / MoWa Press

Entrada de Fernandinho: "A seleção brasileira é muito rápida no contra-ataque e a entrada do Fernandinho vai dar mais equilíbrio. Nossa seleção vai jogar para vencer, é uma seleção muito ofensiva, independentemente dos nomes, são jogadores de altíssimo nível, que estão no melhor momento em seus clubes e nos farão ser merecedores da vitória."

Talento de Gabriel Jesus: "Gabriel Jesus é um talento, é nosso número 9, um jogador muito importante para nós ofensivamente e defensivamente, trabalha bastante em prol do time. É nossa esperança de gols porque é um jogador de alto nível."

Goleada em 2014: "Acho que a gente martela muito sobre o 7x1 porque não é normal no futebol, numa seleção como o Brasil, ser surpreendida como foi. Mas todo europeu respeita, sabe que aquilo é passado, e nós que estamos aqui hoje queremos escrever uma nova história."

Mais artigos abaixo

 "Aquilo ficou para a história, é uma boa recordação para os alemães, para nós é com tristeza. Mas é passado, hoje a Seleção está muito melhor preparada, pronta para enfrentar a Alemanha, que é uma das favoritas à Copa. Temos que demonstrar nosso valor e nosso trabalho."

Nova geração alemã: "A Alemanha tem uma equipe jovem, mas com muita qualidade técnica, também temos alguns jovens que não estavam no Mundial. Será um grande duelo, não podemos ter cuidado apenas com um jogador, é uma equipe muito dinâmica, que gira muito bem a bola, temos de dar atenção à toda a equipe."

Paulinho Neymar treino Seleção Brasil Wembley 13 11 2017
Foto: Pedro Martins / MoWa Press

Ausência de Neymar: "É normal, é o momento de fazermos um teste sem o Neymar. Sabemos da dificuldade porque é nosso maior jogador, faz falta em qualquer equipe um jogador com qualidade técnica dele é difícil de ser substituído. Mas temos grandes nomes com talento parecido que vão entrar e dar conta do recado."

Próximo artigo:
Love, Arana, Luan, Romero, Ramires... Duílio comenta negociações do Corinthians
Próximo artigo:
RB Brasil 1 x 1 Palmeiras: Borja abre o placar, mas Verdão cede empate ao RB Brasil em estreia de 2019
Próximo artigo:
Rhodolfo celebra gol, vitória e volta por cima no Flamengo: “Nunca deixei de trabalhar”
Próximo artigo:
Luan diz que balançou com proposta do Corinthians para deixar o Galo e deixa futuro em aberto
Próximo artigo:
Barcelona 3 x 1 Leganés: Messi sai do banco para garantir vitória do Barça no Camp Nou
Fechar