Notícias Placares ao vivo
Sport

Michel Bastos: "manter o Sport na Série A é um desafio novo para mim"

00:24 BRST 27/11/2018
Michel Bastos Sport Recife 2018
Meia comenta empate contra o São Paulo no Morumbi e a difícil batalha do clube para permanecer na elite

Com pouco espaço no Palmeiras, Michel Bastos topou deixar a capital paulista para defender as cores do Sport Recife em 2018. O que ele não esperava, talvez, é que a nova equipe viveria uma situação ainda mais difícil na luta contra o rebaixamento na Série A do Brasileirão, chegando na última rodada na 18ª colocação na tabela. Um desafio que ele mesmo assume - e confia na vitória.

Um dos principais nomes do Leão, com quatro gols e três assistências em 23 jogos, o meia ainda destaca a luta do grupo de jogadores, já que o Leão atravessa uma crise financeira com atrasos de salários e dificuldade no cumprimento de suas obrigações.

"É uma situação diferente, mas é um desafio para mim, (tentar) conseguir deixar o Sport na primeira divisão", disse o jogador no programa Bem, Amigos. "A gente tem um grupo fenomenal, que vivem um momento difícil também pelo lado financeiro do clube, que não recebem há algum tempo mas ainda vão trabalhar todo o dia, com um sorriso no rosto. Nunca havia vivido isso"

"A gente sabe que o clube está fazendo o máximo pra consertar isso, não é fácil. Espero vencer esse desafio de manter o Sport na Série A."

Sport ficou no zero com o São Paulo no Morumbi (Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC)

Parte da missão de Michel passou pelo Morumbi nessa segunda-feira (26), onde o Sport conseguiu um ponto importante contra um adversário da parte de cima da tabela, o São Paulo, em pleno Morumbi. Um bom resultado, ainda que não tire completamente o time do sufoco.

"É um resultado que nos mantém vivos", prosseguiu. "Uma vitória seria o ideal, mas a gente encarou uma equipe que buscava o G-4, que vem de resultados negativos e teria a pressão da torcida. Esse ponto é valido pelas circunstâncias, pelas chances que teve o São Paulo, é melhor que nada."

Com 39 pontos, os pernambucanos se veem na obrigação de vencer o último compromisso do Brasileirão 2018 diante do Santos, na Ilha do Retiro, além de torcer por resultados negativos de América-MG (40 pontos), Chapecoense (41), Vasco da Game e Fluminense (42 cada).