Notícias Placares ao vivo
Lionel Messi

Messi fica mais livre em esquema usado por Valverde, mas peca nas finalizações

22:00 BRST 31/10/2017
Messi Piräus Barcelona 10312017
Camisa 10 do Barça conseguiu fugir da intensa marcação imposta pelo adversário em alguns momentos do jogo, mas não foi certeiro

O Barcelona tentou, mas a falta de pontaria e a retranca montada pelo Olympiakos impediram a quarta vitória do time catalão na Champions League. No entanto, como de praxe, o destaque da equipe de Valverde foi Lionel Messi. 

O camisa 10 não conseguiu garantir a classificação antecipada da sua equipe, mas foi o grande nome do jogo e de longe o atleta que mais levou perigo ao gol do time grego.  

Foto: Getty

Com Valverde escalando o Barcelona diferente do 4-3-3 habitual, por conta da ausência de Iniesta lesionado. O treinador optou por escalar Paulinho e Busquets como volantes, além de Sergi Roberto e Denis Suárez abertos no meio campo. Assim, Messi acabou ficando mais livre atrás do centroavante Luis Suárez.  

Usando um esquema no 4-2-3-1, Messi teve mais liberdade em campo do que outras partidas, onde ele normalmente inicia as jogadas na ponta direita. Assim, praticamente todas as jogadas da equipe passaram pelos pés do argentino nesta terça-feira.  

Mesmo com a forte marcação imposta pelos donos da casa, Messi usou de seus recursos e os dribles e passes incisivos do camisa 10 foram praticamente a única fonte de perigo do time espanhol. No entanto, assim como toda a equipe de Valverde, o argentino pecou nas finalizações.  

Foto: Getty

Ao todo foram sete chutes, com cinco deles indo na direção do gol. Entre as oportunidades criadas, uma chance clara foi perdida pelo camisa 10 que perdeu uma oportunidade incrível no segundo tempo após tabelar com Suárez. Outra boa chance veio na bola parada, mas a bola que sempre trata o argentino com carinho não queria saber de conversa.  

Mas se a bola não queria agradar Messi, o jogador acabou recebendo um carinho inesperado. Um torcedor entrou no gramado ainda durante o primeiro tempo para abraçar e beijar Lionel Messi. O argentino retribuiu o abraço, e o homem foi rapidamente retirado do campo. 

Foto: Getty

O resultado tirou o 100% de aproveitamento do Barça na Champions, mas mantém o time na liderança do grupo D, com 10 pontos em quatro jogos. Em segundo está a Juventus, com sete pontos, seguida pelo Sporting, com quatro - os dois empataram por 1 a 1 nesta terça, em Lisboa. Já o Olympiakos, com apenas um ponto, segura a lanterna da chave.