Messi faz história na Champions League e indica que pode liderar Barcelona de volta ao topo da Europa

Comentários()
Getty Images
Argentino fez hat-trick contra o PSV e ampliou seus recordes no mundo do futebol

Lionel Messi iniciou nesta terça-feira (18) mais um capítulo em sua história na Champions League. Desta vez, além de ser a liderança técnica do Barcelona, o argentino é também o capitão, assumindo a braçadeira depois da saída de Andrés Iniesta.

Se os primeiros passos forem indicativos do que acontecerá nesta caminhada, a torcida blaugrana tem motivos para se animar. Messi fez três gols no triunfo por 4 a 0 sobre o PSV no Camp Nou e mandou um recado à Europa: ele está aqui.

O argentino vem de temporada agridoce, já que foi fundamental na conquista de La Liga, mas teve desempenho irregular no mata-mata da última Champions e viu o Real Madrid ser tricampeão. Na Copa do Mundo, o camisa 10 ficou devendo e não impediu a eliminação argentina nas oitavas de final para a França.

Messi x PSV

Isto se refletiu em conquistas individuais, uma vez que ficou fora do pódio para a conquista do The Best: Cristiano Ronaldo, Mohamed Salah e Luka Modric formam o trio finalista.

Os três gols contra o PSV contribuíram para que Messi mais uma vez fizesse história no futebol. Ele se junta à lenda madridista Raúl como únicos jogadores a fazerem gols em 14 edições seguidas de Champions League. O argentino ainda chegou a 103 tentos no torneio (distante 17 do rival Cristiano Ronaldo) e à marca de 30 equipes diferentes vazadas.

O Barcelona não vence a competição europeia desde 2015 e tenta recuperar a hegemonia no continente, aproveitando que o tricampeão Real Madrid está em fase de reconstrução. A julgar pelo desempenho de Messi na estreia, a meta é bastante provável.

Confira os números de Lionel Messi contra o PSV:

Fechar