Mesmo sem conquistar títulos, o Tottenham fez uma temporada memorável

Comentários()
Getty Images
Distante de City e Liverpool na Premier League, os Spurs também ficaram de mãos abanando na Champions. Mas têm do que se orgulhar

Header PL Brasil novo 2019


Por Lucas Holanda - PL Brasil


No dia 1° de junho, foi disputada a final da Liga dos Campeões, disputada entre Tottenham e Liverpool, em Madrid. Com gols de Mohamed Salah e Divock Origi, os Reds venceram os Spurs por 2 a 0 e se sagraram campeões, conquistando o seu sexto título do torneio. Com o resultado, o Tottenham acabou outra temporada sem título. Mas esta equipe entrou para a história.

ASSISTA AO MELHOR DO FUTEBOL AO VIVO OU QUANDO QUISER: TESTE O DAZN POR UM MÊS GRÁTIS!

O time iniciou a temporada sem contratar absolutamente ninguém. Passou as duas janelas europeias sem novos reforços, algo inédito para os clubes da Premier League. Com os Spurs gastando muito no novo estádio, o retoque na equipe que já era competitiva ficou de lado.

Entretanto, graças à revolução feita por Maurício Pochettino no clube, o Tottenham teve uma temporada histórica. Os Spurs conseguiram chegar à final da Liga dos Campeões pela primeira vez em sua história. Isso eliminando o ótimo time do Ajax no último minuto, com três gols do herói brasileiro Lucas Moura.

Tottenham - Ajax CL

Na caminhada que levou o Tottenham a sua primeira final de Liga dos Campeões, os Spurs eliminaram nas oitavas de final a boa equipe do Borussia Dortmund, que liderava o Campeonato Alemão na época; nas quartas de final, conseguiram despachar o poderoso Manchester City de Pep Guardiola. Mesmo o placar ficando empatado no agregado, a equipe de Pochettino avançou por conta dos gols fora de casa.

Claro que numa análise bem simplista, muitos podem argumentar que só entra para a história aqueles times que se tornam campeões. Mas, há algumas considerações sobre essa argumentação. É preciso separar expectativas.

O Manchester City, por exemplo, passar uma temporada sem ganhar um título pode ser considerado um fiasco, levando em consideração tudo que a equipe de Guardiola já fez. Mas será que o Tottenham também tem essa obrigação? Como colocar uma pressão por títulos em uma equipe que não contratou um mísero jogador?

A equipe conseguiu se manter no top 4 em uma das edições mais difíceis da história. Isso jogando a reta final bastante desfalcada, sem o seu principal jogador, o atacante Harry Kane.

O trabalho de Maurício Pochettino à frente do Tottenham é uma aula. Mesmo sem conquistar um título, as perspectivas futuras são boas. Com o novo estádio já finalizado, o clube finalmente vai poder gastar nas janelas de transferências.

Com a manutenção do técnico e dos principais destaques, aliado ao novo estádio e provavelmente alguns bons reforços, essa equipe pode finalmente conquistar os títulos que tanto sonham. Merecem demais.

Fechar