Matheus Jesus explica por que preferiu ao Santos em vez do SP: "parece melhor"

Comentários()
Ivan Storti/Santos FC
Volante conta como se deu a negociação com o Peixe após o anúncio por parte do São Paulo e descarta ser substituto de Thiago Maia, vendido ao Lille

No início de julho, o São Paulo dava a contratação de Matheus Jesus como certa. Entretanto, o Santos aplicou um chapéu no rival e acertou com o volante até dezembro de 2018.

O Tricolor Paulista alega que não fechou com o meio-campista por medo de problemas com a Fifa. O jovem de 20 anos, contudo, dá outra versão. Ele garante que não acertou com o time do Morumbi por opçõa própria.

“Houve polêmica porque o presidente de lá deu como certo, mas o Santos apareceu tão rápido com a proposta. E sei lá, foi por opção minha vir para cá. Pelo clima parecer ser melhor, o clube… Foi uma escolha minha. Santos deu as condições certas em tempo rápido. E eu aceitei. Aqui tudo parece ser melhor. Todos querem jogar no Santos”, disse em entrevista coletiva nesta segunda-feira (24), no CT Rei Pelé.

thiago maia santos atletico go 01 07 2017
(Foto: Santos/Divulgação)

A venda de Thiago Maia ao Lille, da França, por R$ 51 milhões, fez com que o Peixe buscasse um meio-campista. A escolha foi pelo atleta que pertence ao Estoril, de Portugal. O atleta revelado nas divisões de base da Ponte Preta, porém, não se sente como um substituto do jogador que venceu os Jogos Olímpicos 2016:

“Eu acho que não vim para substituir o Thiago [Maia]. Vim para compor e ajudar o elenco. Tem jogadores com total potencial de ocupar a vaga. Serei mais um para brigar”, afirmou.

Próximo artigo:
São Paulo 4 x 1 Mirassol: Tricolor sai atrás, vira o placar, vê expulsão de rival e garante goleada em estreia do Paulista
Próximo artigo:
Após rumores do PSG, Barcelona tem nova reunião com De Jong
Próximo artigo:
Vanderlei à venda? Torcida do Santos compra briga para dar recado a Sampaoli
Próximo artigo:
Klopp comemora vitória apertada do Liverpool na Premier: "Estou muito feliz"
Próximo artigo:
Modric afasta saída do Real Madrid: "tenho mais um ano e meio de contrato"
Fechar