Martínez responde Deschamps após "provocação": "Wilmots foi extraordinário"

Comentários()
Getty Images
Após escutar do rival da semifinal que Wilmots também tem responsabilidade por boa fase belga, técnico dá créditos ao antecessor no comando da equipe

banner Copa 2018

Roberto Martínez, técnico da Bélgica, responde a uma declaração de Didier Deschamps, treinador da França, às vésperas da semifinal da Copa do Mundo 2018.

Depois de escutar o francês dizer que o seu antecessor, Marc Wilmots, é fundamental para o momento da equipe nacional, o espanhol que está à frente dos Diabos Vermelhos respondeu em sua entrevista coletiva.

"Estou de acordo que o trabalho do [antecessor Marc] Wilmots foi extraordinário antes que eu chegasse, claro. E nos lembramos dele outro dia, porque quando era atleta, em 2002, anularam um gol legal marcado por ele contra o Brasil e, agora, nós pudemos vencê-los aqui na Copa do Mundo", disse Roberto Martínez.

Antes da entrevista concedida por Roberto Martínez, Didier Deschamps falou sobre os dois últimos técnicos da Bélgica:

2018-06-29 Didier Deschamps
(Foto: Getty Images)

"Não quero ofender Roberto Martínez, mas ele foi beneficiado pelo trabalho de [Marc] Wilmots. Ele mudou algumas coisas, pôs a sua marca. Porém, este grupo já tinha um grande potencial", concluiu.

França e Bélgica se enfrentam nesta terça-feira (10), às 15h (de Brasília), pela semifinal da Copa do Mundo. O estádio está localizado em São Petersburgo.

Fechar