Notícias Placares ao vivo
Brasil

Marcelo revela surpresa no Real Madrid e exalta treinador da Seleção: “eu mataria pelo Tite”

20:52 BRT 06/09/2017
Marcelo Tite Brasil Seleção coletiva 30 08 2017
O lateral-esquerdo falou sobre a sua origem no futebol e a relação de carinho com o seu avô

Marcelo, lateral-esquerdo do Real Madrid, seguiu os passos de Ronaldinho Gaúcho, Dani Alves e Ronaldo. Mas o torcedor madridista pode ficar tranquilo: o brasileiro não vestiu a camisa do Barcelona.

Na verdade, o lateral-esquerdo foi mais um atleta a escrever para o site ‘The Players Tribune’ e contou um pouco da sua vida fora dos gramados. As lembranças do apoio recebido pelo avô, e da época em que ainda sonhava em ser jogador de futebol – nas peladas jogadas na Praia de Botafogo ou em Xerém, na base do Fluminense – ganham grande destaque.

Outros pontos importantes foram a idolatria de Marcelo por Ronaldo, o ‘Fenômeno’, e a sua fidelidade em relação a Tite, treinador da Seleção Brasileira que o nomeou capitão no jogo contra o Equador.


VEJA TAMBÉM:


“Com o Tite como nosso técnico, eu sinceramente acredito que podemos colocar a bandeira brasileira de volta ao posto mais alto”, relatou. “Aquele telefonema foi tudo para mim. Foi a primeira vez que eu recebi um telefonema de um técnico da Seleção Brasileira, e olha que faz 10 anos que eu jogo pela Seleção. Eu mataria pelo Tite, e vou fazer de tudo que eu posso para colocar um troféu de ouro na estante do meu avô”.

(Foto: Getty Images)

Marcelo também lembrou a sua ansiedade para assinar o primeiro contrato com o Real Madrid, em 2007: “Eu juro por Deus que eu achava que estava indo para lá só pra uma conversa. Quando eu cheguei para o encontro com o clube, eu vi os contratos com o símbolo do Real Madrid em cima – e assinei aquilo tudo rapidinho. Então, os caras de terno me levaram direto para o campo de futebol. Eles me apresentaram para a imprensa naquele dia. Eu não fazia ideia que já seria apresentado”.