Mano exalta partida cirúrgica do Cruzeiro, enquanto Cuca lamenta erros no Palmeiras

Comentários()
Marcello Zambrana/Light Press/Cruzeiro
Os dois treinadores viveram situações opostas após o confronto válido pelo Brasileirão 2017

Antes da partida contra o Palmeiras, Mano Menezes prometeu que o Cruzeiro não voltaria a levar três gols – como ocorrido no segundo tempo do empate por 3 a 3 em jogo válido pela Copa do Brasil. O comandante da equipe mineira não só cumpriu com as suas palavras como viu a sua equipe voltar a balançar as redes alviverdes em três oportunidades.

Na vitória por 3 a 1, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, o segredo na escalação do treinador foi um meio campo mais combatido pelas presenças de Ariel Cabral, Hudson e Henrique, que recebeu elogios do treinador.


VEJA TAMBÉM:


“Tivemos que ser mais ortodoxos hoje e entrar com três volantes (...) Parte dos nossos problemas passaram pela ausência do Henrique”, disse Mano, que também não teve como deixar de elogiar o desempenho do ataque: “Temos jogadores de qualidade e todos podem dar sua parcela na construção de jogadas ofensivas”.

Cruzeiro Palmeiras Brasileirão 09 07 2017​(Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro)

Coeso com o discurso de Mano Menezes e demonstrando apoio ao treinador, Thiago Neves voltou a reconhecer os erros em partidas anteriores – que renderam inclusive em um protesto por parte de alguns torcedores. Autor do gol que abriu a vitória, o meia-atacante demonstrou pés no chão e pediu uma sequência de resultados positivos.

Thiago Neves  Cruzeiro Palmeiras Brasileirão 09 07 2017​(Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro)

“A gente vinha errando várias coisas, e o Mano corrigiu. O time sabia que tinha que doar os 90 minutos, contra o time bom do Palmeiras. Jogamos bem, time foi inteligente, maduro, soubemos segurar o Palmeiras. Vitória merecida, mas precisamos de uma sequência de vitorias pra, no fim, brigar pelo título”.

Cuca se responsabiliza, mas diz que o Palmeiras foi melhor

Cuca Ponte Preta Palmeiras Brasileirao Serie A 25062017(Foto: Ricardo Nogueira/Getty Images)

Do outro lado, o treinador do Palmeiras, Cuca, lamentou os erros defensivos de sua equipe e o excesso de arremates errados dos seus comandados [de 8 tentativas, apenas uma foi na direção correta e resultou no gol anotado por Willian].

“Os três gols nós poderíamos ter evitado. É difícil fazer gol, mas não estamos dando tanto trabalho. A responsabilidade é minha, a culpa é minha, eu que escalo, quem tem quem pagar a conta sou eu”, avaliou, antes de reclamar de um pênalti em Roger Guedes.

Thiago Neves Egídio  Cruzeiro Palmeiras Brasileirão 09 07 2017(Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro)

“O lance do Roger Guedes foi pênalti. Erros acontecem. O problema é quando não aceita diálogo, é o dono da verdade, como o árbitro de hoje”.

“Tivemos mais chances de oportunidades do que o Cruzeiro. Sai perdendo por 2 a 0, tem que ter mudança de postura. Buscamos jogo, fizemos o 2 a 1, tivemos chance do 2 a 2, tivemos chances, o gol estava pronto para empatar. Mas no último minuto, já com o time buscando o empate, levamos o terceiro gol, preferimos não fazer a falta no Élber e no bate e rebate fez 3 a 1. Cruzeiro foi mais efetivo”.

Próximo artigo:
Brexit deixa Bale com futuro incerto no Real Madrid
Próximo artigo:
Barcelona cumpre cláusula contratual e mantém retorno de Paulinho para futebol chinês cercado de mistério
Próximo artigo:
Guilherme Arana manifesta desejo de retornar ao Corinthians
Próximo artigo:
Mercado da bola: os principais rumores de Corinthians, São Paulo, Flamengo e os grandes clubes do Brasil
Próximo artigo:
Cáceres confirma contato do Flamengo e escreve mensagem para os torcedores
Fechar