Manchester City: Douglas tem visto negado e deve ser emprestado novamente

Comentários()
Elsa/Getty
Volante brasileiro, ex-Vasco, não teve permissão para ser inscrito apesar dos apelos de Pep Guardiola e até de Tite

O volante brasileiro Douglas Luiz, do Manchester City, deve seguir longe de fazer sua estreia oficial pelo clube inglês: o jogador teve negado seu visto de trabalho pela Federação Inglesa de Futebol (FA) nesta quinta-feira (9), e não poderá defender a equipe nesta temporada.

Segundo o portal GloboEsporte , o clube enviou um relatório contendo argumentos de Tite e Pep Guardiola, técnicos da Seleção Brasileira e do City, para que ele pudesse disputar a Premier League neste ano.

O comandante brasileiro teve participação no relatório em favor de Douglas, afirmando que o jogador seria um futuro provável integrante do grupo que irá ao Mundial do Catar, em 2022. Entretanto, isso não foi o suficiente para a Federação aprovar o caso do brasileiro, alegando que o ex-Vasco necessita um número mínimo de partidas por sua seleção para poder um visto de trabalho, e assim poder competir nos torneios nacionais da Inglaterra.

Douglas Luiz Girona Barcelona 2018
(Foto: LLUIS GENE/AFP/Getty)

Esse número varia de acordo com a posição do país no ranking da Fifa - e, para países que ocupam até a décima colocação, o atleta deve ter atuado em pelo menos 30% das partidas disputadas pela seleção nos últimos dois anos.

Douglas foi contratado pelo City junto ao Cruzmaltino por 13 milhões de euros (cerca de R$ 56,9 milhões na cotação atual) em 2017, e foi emprestado ao Girona (Espanha) na última temporada, com a esperança de se aclimatar ao futebol europeu e ganhar espaço no time no futuro. Com o desfecho atual, porém, o City provavelmente terá que emprestá-lo a outro clube mais uma vez: um empréstimo de volta ao Brasil, contudo, está descartado.

Com o brasuca fora da lista de inscritos para a Premier League, o City estreia no torneio no próximo domingo (12), diante do Arsenal, em Londres, a partir do meio-dia (horário de Brasília).

Fechar