Mais posse, mais tropeços. Jornal faz resumo do que é "Barça sem Arthur"

Comentários()
Getty Images
Diário Sport, da Catalunha, faz análise do Barcelona sem Arthur, lesionado. Time tem melhor aproveitamento com o meio-campista, mas mais posse sem ele

Arthur teve um problema clínico diagnosticado em 8 de fevereiro passado. O meio-campista terá que se ausentar dos gramados por até quatro semanas. A ausência do jogador evidencia alguns pontos no Barcelona, de acordo com o diário Sport, da Catalunha. Em uma análise, o jornal constata que o time aumentou a posse de bola, mas perdeu em relação ao aproveitamento.

A posse de bola do Barça é maior desde que o atleta deixou o time. Com o brasileiro em campo, a média de posse do time é 59,46%, contabilizando os jogos Sevilla (duas vezes) e Real Madrid, todos pela Copa do Rei. Por outro lado, desde a lesão do atleta, a posse é maior. Nos empates contra Athletic e Lyon e no triunfo sobre o Valladolid, a equipe catalã teve 63,66%.

Mais artigos abaixo

A mesma publicação exalta o retrospecto da equipe com o atleta revelado pelo Grêmio. O volante de 22 anos disputou 27 partidas pelos catalães, com 18 vitórias, sete empates e duas derrotas. O aproveitamento com ele em campo é de 75,3%. Por outro lado, sem o jogador, a situação piora. Em 12 duelos sem o brasileiro, po Barça obteve sete vitórias, três empates e dois reveses, com média de 66,7%.

Por tudo isso, a ausência do jogador já era uma preocupação para Ernesto Valverde. O técnico chegou a fazer um rodízio para evitar que o atleta aumentasse a sobrecarga.

"Em meados de dezembro, o Arthur não esteve e também passamos por isso. Temos Aleñá, Vidal e outros dependendo da partida. Também temos Coutinho e podemos buscar alguém do Barcelona B. Tudo depende de como pensemos que será o jogo. Assim decidiremos", comentou.

Fechar