Mais intenso, Jorge projeta temporada de sucesso e não esquece o Flamengo: 'Time do meu coração'

Comentários()
AS Monaco Officiel
Pronto para receber mais chances no Monaco com a saída de Mendy, lateral também está de olho na seleção brasileira


GOAL Por Bruno Andrade

A transferência de Mendy para o Manchester City, que deve ser anunciada nas próximas horas, é a chave para o sucesso de Jorge no Monaco. Contratado do Flamengo em fevereiro deste ano, o lateral-esquerdo fez apenas cinco jogos oficiais na primeira temporada no futebol francês, mas agora, seguro da rápida adaptação e "mais intenso", sabe que chegou o grande momento no clube.

"Tudo o que tenho vivido na França tem sido incrível. Nem chamo mais de adaptação, porque cheguei no começo do ano, tive um bom tempo para me acostumar. O início foi bastante pesado, muito diferente do futebol brasileiro. Aqui não tem aquela cadência igual estamos acostumados no Brasil, que também é mais técnico. Evoluí muito em intensidade. Busco cada vez mais intensidade", revelou o brasileiro, em entrevista ao Blog Ora Bolas.

"O Mendy está indo para um clube enorme [Manchester City], é muito merecido. Agora tem o Kongolo [contratado do Feyenoord], que é um grande jogador também. Sempre que tiver a chance de jogar, vou fazer o meu melhor. Estou pronto para jogar mais e fazer uma grande temporada. Quero fazer o meu nome aqui na Europa", completou.

Enquanto caminha aos poucos para brilhar no Velho Continente, Jorge vê a distância o Flamengo se fortalecer cada vez mais. Dentro e fora de campo. Até por isso, não acha que o Campeonato Brasileiro já está decidido. 

"O Flamengo é o time do meu coração, um clube que me fez crescer muito. Sigo torcendo de longe. Vi o jogo contra o Palmeiras, Diego perdeu o penâlti... Mas está em aberto, tudo pode acontecer ainda no Brasileirão. É um torneio muito difícil, um dos mais disputados e nivelados do mundo. O Corinthians está muito bem, mas torço para o Flamengo ser campeão. Vejo um Flamengo muito fortalecido, que está pronto para brigar por todos os títulos", destacou.

À espera de nova chance na seleção

Com Marcelo e Filipe Luís praticamente "absolutos" na seleção brasileira, já garantida na Copa do Mundo na Rússia, Jorge reconhece que a disputa na lateral esquerda não é das mais simples. No entanto, com a possibilidade de Tite realizar alguns testes nos próximos jogos, o jovem lateral de 21 anos aguarda uma nova oportunidade - foi convocado uma única vez, em janeiro deste ano, ainda pelo Flamengo, para o amistoso contra a Colômbia.

"Sei que o Tite está de olho em mim. Ele mesmo já falou isso publicamente, tendo ressaltado que tenho qualidade. Ele gosta bastante do meu futebol, tem me observado. Vou dar o meu melhor para ter uma chance, com certeza. O Marcelo e o Filipe Luís são jogadores de alto nível, tem ainda o Alex Sandro. Vou buscar o meu espaço aos poucos, quietinho, para quem sabe dar alegria também à seleção no futuro", explicou.

Próximo artigo:
Corinthians no Mercado: Quem chega, quem sai e quais as prioridades para 2019?
Próximo artigo:
Torcida do Vasco inunda internet de xingamentos a Dedé após vitória sobre o Volta Redonda
Próximo artigo:
Flamengo no Mercado: Quem chega, quem sai e quais as prioridades para 2019?
Próximo artigo:
FIFA 19: Vinícius Junior, Arthur e Militão listados nas Estrelas do Futuro do Ultimate Team
Próximo artigo:
Iniciando sua quinta temporada no Palmeiras, Dudu reencontra adversário de sua estreia com status de ídolo
Fechar