Machucado, Messi vê Lewandowski e Agüero embalarem na briga pela Chuteira de Ouro

Comentários()
Getty
O craque argentino, recordista em números de prêmios recebidos, ainda não fez sua estreia oficial na temporada

No final da temporada passada, Lionel Messi alcançava uma marca histórica, ao conseguir a sua sexta Chuteira de Ouro. O argentino conseguiu o prêmio, concedido ao maior artilheiro de uma liga doméstica europeia, ao ter feito 36 gols pelo Barça em La Liga – superando os 33 tentos de Kylian Mbappé pelo PSG na Ligue 1.

Desta forma, com mais um prêmio para a sua estante, o craque do Barcelona colocou-se como máximo vencedor na história da premiação, superando Cristiano Ronaldo em duas Chuteiras de Ouro de vantagem. Entretanto, a lesão sofrida no retorno de suas férias, após a disputa da Copa América, começa a complicar Messi na missão de repetir o feito individual nesta atual temporada.

Acompanhe o melhor do futebol ao vivo ou quando quiser: assine o DAZN e ganhe um mês grátis para experimentar

Afinal de contas, o argentino terá que recuperar o tempo perdido – desfalcou o Barça em três rodadas e não entrará em campo contra o Valencia, completando quatro partidas de ausência. E justamente neste período, atacantes de grande quilate, como Robert Lewandowski, do Bayern, e Sergio Agüero, do Manchester City, abriram uma boa vantagem. Se quiser manter a Chuteira de Ouro para si, Lionel Messi terá que emplacar um ritmo forte em La Liga, embora o camisa 10 tenha deixado claro que o seu foco para a temporada está na Champions League.

Mais artigos abaixo
Robert Lewandowski | Bayern Munich(Foto: Getty Images)

De qualquer maneira, Messi já está atrás na corrida pela premiação goleadora: Lewandowski já acumula seis gols pelo Bayern, na Bundesliga, mesmo número de tentos feitos por Agüero, vestindo a camisa do Manchester City na Premier League. Outros que também começaram bem foram Raheem Sterling (Man.City, cinco gols), Moussa Dembélé (cinco gols pelo Lyon, na Ligue 1), Victor Osimhen (cinco com o Lille, na Ligue 1) e Teemu Pukki (cinco pelo Norwich, na Premier League). Estes são os grandes artilheiros do momento nas chamadas Top 5 ligas nacionais do Velho Continente.

Chuteira de Ouro 2019/20: os principais artilheiros das ligas europeias

Vale destacar que nenhum deles lidera atualmente a corrida pela Bola de Ouro, hoje dominada por jogadores de ligas menos que iniciaram a temporada alguns meses antes. Entretanto, a média concedida aos gols feitos nestes campeonatos, de nível técnico inferior, não é tão pesado – na matemática que decide a Chuteira de Ouro – quanto a das Top 5 ligas. Embora, hoje, Erik Sorga lidere, pelos 23 gols (e consequentes 23 pontos) feitos com a camisa do FC Flora, da Estônia, a tendência é que algum jogados que esteja na Espanha, Alemanha, Inglaterra, Itália ou França terminem com o galardão. Esta é quase uma certeza. A dúvida é se Messi conseguirá recuperar o espaço de quatro jogos de desvantagem.

Fechar